Busca no BLOG

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

BRAGANTINO PERDE DA PONTE E AGORA VAI PROCURAR ENCERRAR SUA PARTICIPAÇÃO NA SÉRIE B DE FORMA DIGNA

O Bragantino perdeu, de virada por 2 a 1, para a Ponte Preta na noite desta terça-feira, em Campinas e viu as suas possibilidades de ascender a Série A do Campeonato Brasileiro em 2010 ficarem ainda mais remotas.




O time do técnico Marcelo Veiga abriu o marcador aos 21 min. A Ponte errou na saída de bola e Lúcio ficou com a bola. O meio campista serviu João Paulo que, nas proximidades da lateral da área bateu forte, a bola desviou na zagueiro Jean e sobrou para Frontini marcar.
A frente do marcador o Bragantino dominou totalmente as ações e poderia ter ampliado o marcador com Paulinho, aos 33 min, após receber passe de Lúcio. Ele demorou a concluir, quando estava frente a frente com o goleiro Gilson, e a zaga acabou afastando.


O zagueiro Dezinho, com um corte na altura da cabeça, deixou o campo para estancar o sangramento por cinco vezes durante esta etapa. Isso fez com o árbitro determinasse 3 min de acréscimos ao final dos 45 regulamentares. No entanto, ele voltou atrás em sua decisão e determinou mais um minuto de acréscimo, totalizando quatro. Justamente nestes acréscimos, Dede fez a jogada pela direita e cruzou. Robson falhou ao tentar cortar e a bola sobrou livre para Evando, na entrada da área, acertar de sem pulo e marcar um belo gol, aos 48 min.


No segundo tempo, a Ponte continuou pressionando e o Bragantino não conseguiu manter a mesma velocidade para puxar os contra ataques.


Aos 23, Vicente aproveitou-se de um espaço no costado de Diego Macedo, e livre, acertou um belo chute contra o ângulo de Gilvan, que nada pode fazer. Ponte 2 a 1.


Aos 33, Gilvan evitou com os pés o terceiro gol da Macaca. Ele fez a defesa cara a cara com Fabiano Gadelha.


Somente com a entrada de Beto, aos 35 min, o Bragantino voltou a pressionar novamente, e aos 41 min, Gilson fez importante defesa em bola cabeceada por Danilo após cruzamento de Diego Macedo.


Nos acréscimos, Gilvan cobrou falta das proximidades do meio campo (foto acima), levantando a bola para a área da Ponte, Gilson socou a bola parcialmente e, Danilo, da meia lua bateu por cima. Foi a última chance para o Braga empatar a partida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: