Busca no BLOG

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

SISTEMA DEFENSIVO DO BRAGANTINO PREOCUPA

O excessivo número de gols sofridos pelo Bragantino e a maneira como os mesmos vem acontecendo tem preocupado bastante a todos no Massa Bruta. Nos oito jogos disputados até o momento, a equipe sofreu 16 gols, sendo uma das mais vazadas do certame, com uma média de dois gols sofridos por jogo.
Outro detalhe preocupante e que deve ser analisado pelo treinador é o fato do time sempre sair atrás no marcador. Das oito rodadas disputadas, o Bragantino saiu atrás em seis jogos, tendo sempre sofrido gols no início das partidas.
Na única ocasião em que não sofreu gols foi na partida de estréia diante do Oeste de Itápolis, quando o time venceu por 4 a 0.
Confira os jogos que o Bragantino saiu atrás no marcador, sofrendo gols no início das partidas:
2ª rodada, contra o Corinthians (derrota por 2 a 1), gol sofrido a 1 min de jogo.
4ª rodada, contra o Ituano (derrota por 4 a 3), gol sofrido a 13 min de jogo.
5ª rodada, contra o Mogi Mirim (empate em 1 a 1), gol sofrido a 42 segundos de jogo.
6ª rodada, contra o Rio Branco (vitória por 4 a 3), perdia por 2 a 0, gols sofridos aos 7 e 13 min de jogo.
7ª rodada, contra o Palmeiras (derrota por 3 a 2), gol sofrido a 5 min de jogo.
8ª rodada, contra o Paulista (empate em 2 a 2), gol sofrido aos 13 min de jogo.