Busca no BLOG

segunda-feira, 15 de março de 2010

ESCALAÇÃO ANTECIPADA: ERRO OU ESTRATÉGIA ? PARTE II

COMENTÁRIO CONCLUSIVO


Caros amigos, eu estava enganado. Na semana passada acreditei que o técnico do Bragantino estava tentando despistar seu adversário ao anunciar logo na terça-feira à noite, o time do Braga que entraria em campo, somente no domingo, para enfrentar a Ponte Preta.

Ledo engano...

O time anunciado foi o que começou o jogo...

Mas por outro lado me sinto bastante tranqüilo, pois afirmei não só neste BLOG como também na FM 102, nos programas esportivos com a EQUIPE FUTEBOL TOTAL, que se isso realmente acontecesse as chances do Bragantino no jogo seriam menores, pelo menos ao meu modo de ver. E, infelizmente, não deu outra. Praticamente o Massa Bruta perdeu o jogo de domingo no primeiro tempo.

A presença do zagueiro Murilo Henrique no lugar de Maurício foi uma verdadeira decepção. Gustavo caiu sentado no primeiro gol da Ponte, Marcelo Godrí escorregou e assistiu a Finazzi marcar o segundo gol. Até o ótimo goleiro Gilvan falhou no terceiro gol.

Palmas para Alex Afonso pelo seu esforço e vontade, mas se ele tivesse entrado junto com Léo Jaime e Juninho Quixadá, aos 16 min do 2º tempo, tenho certeza que teria sido mais útil ao time.

Coisas do futebol ? Ou será que coisas previsíeveis e evitáveis se não tivéssemos um treinador tão "teimoso" ? Marcelo Veiga vem insistindo em escalar mal sua equipe. Insistindo em promover substituições incoerentes, como uma espécie de rodízio no time. O atleta que vai bem no jogo anterior tem amplas possibilidades de ir para o banco de reservas no jogo seguinte.

Com estas e mais outras a cada rodada o grupo de jogadores (ou pelo menos alguns deles) fica mais distante de seu comandante. E isso é ruim e preocupante. No momento que mais necessitamos de uma união, estou percebendo que internamente (dentro do campo de jogo) as coisas não vão bem para o Massa Bruta.

Vamos aguardar, torcer e, talvez até "rezar", para que os adversários diretos do Bragantino continuem tropeçando. Caso contrário, infelizmente, pode ser o Braga a 'bola da vez' para carimbar o passaporte de volta a Série A2.


Observem na foto ao lado alguns jogadores que estavam no banco de reservas do Bragantino quando retornavam para a segunda etapa, no jogo contra a Ponte Preta. O último, atrás do goleiro, e cabisbaixo, é o zagueiro Maurício, que perdeu a titularidade nesta partida para Murilo Henrique.