Busca no BLOG

sábado, 21 de agosto de 2010

BRAGANTINO VENCE DE VIRADA E RESPIRA ALIVIADO

"Era a vitória que precisávamos", esta foi a afirmação do meio campista Luciano Sorriso, autor de dois dos três gols do Bragantino na vitória de virada, por 3 a 1, diante do Santo André, neste sábado, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O Santo André começou o jogo envolvendo o adversário. Logo aos três min, Anderson Gomes aproveitou-se de uma  furada do zagueiro Júnior Lopes na entrada da área, dominou a bola, aproximou-se do gol e bateu, abrindo o marcador

Pouco depois, um acontecimento curioso interrompeu a partida por cerca de dois minutos. O sistema de irrigação do gramado foi acionado e atrapalhou o jogo (foto ao lado).

Sentindo seu time desorganizado, o técnico Marcelo Veiga fez uma substituição antes mesmo dos dez minutos de bola rolando. O treinador tirou o zagueiro Junior Lopes e colocou o atacante Sílvio.

A pressão do Santo André e a "sonolência" do Bragantino continuaram nos minutos seguintes. O Ramalhão teve mais duas oportunidades para marcar. Aos 16, com Xuxa, de cabeça;  e aos 17, novamente com Anderson Gomes.

A partir daí o Bragantino acordou para o jogo. Aos 19, Murilo cabeceou uma bola a esquerda de Júlio César. Aos 21, Murilo acertou a bola contra o travessão de Júlio César em despretensiosa cobrança de falta. Aos 26, outra bola na trave do Santo André, desta vez chutada por Marcelinho.

Depois de tanto pressionar, o Braga ganhou um gol de presente. Aos 35 minutos, em cobrança de falta de Murilo Silva, o zagueiro Toninho desviou de cabeça e marcou contra. Porém, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira atribuiu o tento para o cobrador da falta.

Sete minutos depois, Luciano Sorriso fez o gol da virada. Sílvio fez boa jogada pela esquerda e tocou para Marcelinho. O jogador do Bragantino foi desarmado e a bola sobrou para Luciano Sorriso que invadiu a grande área e bateu no canto esquerdo baixo de Júlio César que nada pode fazer.

Na etapa final o Santo André pressionou, mas as chances de gol foram menores dos que as criadas no início da partida. Aos 8, Nando teve ótima chance para empatar. Ele bateu e a bola passou perto. Aos 31, foi a vez de Cicinho quase marcar.

Aos 37 min, Nando marcou, mas o assistente assinalou posição irregular do camisa 9.

O Bragantino poderia ter liquidado a fatura com João Sales, aos 40 e 43 min. Em ambas ele perdeu. Na primeira, cara a cara com Júlio César, ele bateu em cima do  goleiro, e na segunda errou o cabeceio após falta cobrada por Murilo e erro de Júlio César na saída do gol.

Aos 46, o goleiro Júlio César foi ao ataque para tentar marcar de cabeça em cobrança de escanteio favorável ao Santo André. Gilvan saiu bem do gol e socou a bola que sobrou para André Luiz. O lateral tocou rápido para Marcelinho que rolou para Luciano Sorriso, ainda em seu campo de defesa, que correu até a área adversária. Debaixo do gol apenas o lateral Cicinho e Sorriso teve a tranqüilidade necessária para marcar.

Veja os resultados da rodada e a classificação clicando no link abaixo:
http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-b/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: