Busca no BLOG

terça-feira, 12 de outubro de 2010

ERROS DE VUADEN NO ÚLTIMO SÁBADO AINDA REPERCUTEM

PRINCIPAIS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO DESTACAM ERROS DO ÁRBITRO QUE PREJUDICARAM O BRAGANTINO

No domingo pela manhã, o apresentador Milton Neves, da Rádio Bandeirantes fez várias críticas a atuação do árbitro Vuaden, no programa 'Domingo Esportivo Bandeirantes'.

Nesta segunda-feira, foi a vez do programa 'Bem Amigos', no canal Sportv, comandado por Galvão Bueno, repercutir  as imagens das falhas grotescas do árbitro Vuaden (RS), que não marcou dois pênaltis, que aconteceram, em favor do Bragantino. Além disso, ele anotou um pênalti, que não foi, para o Coritiba, e uma falta inexistente em favor do Coxa que originou o gol que decretou a derrota do Massa Bruta.

As opiniões foram favoráveis ao Bragantino.
Para Galvão, não havia o que discutir. “Achei os do Bragantino pênaltis claros. No primeiro, a bola tinha a direção do gol. No segundo não precisa falar nada e na falta, meu Deus, o que é aquilo”, falou o apresentador.

O comentarista Caio Ribeiro também concordou. “Prá mim não há o que discutir. Pênalti”.

O mesmo achou o técnico Vanderlei Luxemburgo, convidado do programa. “Foram todos pênaltis. Não sei como não se marca um pênalti desse”.

Para o ex-árbitro Arnaldo César Coelho, principal comentarista de arbitragem da emissora, aconteceu apenas o segundo pênalti. “Não existe regra no futebol que explica que quando a bola bate na mão do jogador de linha dentro da área em direção ao gol, obriga o árbitro marcar pênalti. Mas no segundo o jogador se abaixou e colocou a mão na bola”, explicou Arnaldo que complementou. “A falta marcada em favor do Coritiba não aconteceu, gerou o gol e por isso o Vuadem saiu de camburão”, ironizando a atuação do árbitro gaúcho.

No final da partida, no sábado, a EQUIPE FUTEBOL TOTAL, na FM 102, entrevistou o narrador do PFC, Osvaldo Luís, e o comentarista Renato Leal, que trabalharam na transmissão da partida e ambos foram enfáticos. "O Vuaden foi o responsável direto pelo placar do jogo e pela vitória do Coritiba".