Busca no BLOG

sábado, 21 de maio de 2011

BRAGANTINO FICA APENAS NO EMPATE: RESULTADO RUIM OU BOM?

TIME MOSTROU FALTA DE QUALIDADE. PRENÚNCIO DE SOFRIMENTO AO TORCEDOR

Os quase 600 torcedores que compareceram ao Marcelão e enfrentaram o frio na noite desta sexta-feira deixaram o estádio preocupados com o que viram na estréia do Bragantino no Campeonato Brasileiro da Série B. O time não passou de um empate (1 a 1) com o ABC de Natal-RN e ainda mostrou muita falta de qualidade por parte de alguns jogadores.

As mudanças anunciadas após o término do Paulistão criaram uma expectativa no torcedor em poder acompanhar de perto uma equipe melhor do que aquela que decepcionou a todos. No entanto, tecnicamente analisando e por aquilo que se viu diante do ABC, este time ainda é mais fraco que o anterior. Pode até ter mais disposição e vontade, mas estes quesitos não bastam para uma equipe ir bem em uma competição longa e difícil como é a Série B.

Problemas financeiros o Bragantino sempre teve, pelo menos é a história que todos nós ouvimos desde que o Massa Bruta existe. No entanto, estes problemas dificilmente serão sanados com um time tecnicamente tão fraco e limitado dentro da competição.

Os objetivos nos últimos anos são claros e, diga-se de passagem, não discordo: manter-se nos campeonatos que participa (série A1 do Paulista e série B do Brasileiro), revelar atletas e, posteriormente negociá-los para fazer caixa e assim ir levando. Mas a pergunta que fica no ar é a seguinte: será que com um time tão limitado você consegue revelar alguém e ainda por cima negociá-lo sem ser a preço de banana (que por sinal tem sofrido uma enorme variação no mercado nos últimos dias)?

O Bragantino precisa voltar a ser grande, a pensar como grande, a jogar como grande, principalmente diante de adversários inexpressivos e diante de sua torcida. Mas tem um pequeno detalhe: para se conseguir isso precisa ao menos ter um time e não um esboço dele.