Busca no BLOG

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

GILVAN E MAX FORAM ABSOLVIDOS

PRESIDENTE DO BRAGANTINO TAMBÉM TEVE RESULTADO DE JULGAMENTO MANTIDO
   O Bragantino fez parte da pauta de julgamentos desta semana da 3ª Comissão Disciplinar e do Pleno do STJD. 

   O goleiro Gilvan e seu reserva Max, ambos expulsos contra o Icasa-CE, foram absolvidos na sessão desta quarta-feira, no Rio de Janeiro. O advogado do Bragantino, Paulo Rubens, pediu a absolvição dos jogadores na sessão que teve apenas um dos auditores votando pela suspensão do jogador Max, enquanto todos os demais votaram pelas absolvições.

   Nesta quinta-feira, foi a vez do presidente do clube, Marco Chedid, ser novamente julgado, em razão da Procuradoria do STJD discordar de sua absolvição, bem como da do gerente de futebol do Americana. No entanto, por maioria de votos, os auditores optaram por manter a decisão inicial, os deixando livres para exercer suas funções nos respectivos clubes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: