Busca no BLOG

segunda-feira, 23 de julho de 2012

FERNANDO GABRIEL E GIANCARLO NÃO DEVEM MAIS ATUAR PELO BRAGANTINO

OS DOIS ATLETAS DEMONSTRARAM DESCONTENTAMENTO E PEDIRAM PARA SAIR

Giancarlo não deve mais
atuar pelo Bragantino
FOTO: Site do Bragantino
Na reapresentação do elenco do Bragantino, nesta segunda-feira, no período da manhã, aconteceu uma reunião entre os jogadores, membros da comissão técnica e o presidente do Bragantino, Marco Chedid. Além das cobranças normais e habituais, em determinado momento da reunião o presidente deixou claro que não gostaria de contar no elenco com atletas descontentes e que, aqueles que assim estivessem se sentindo poderiam pedir para deixar o clube.

Sendo assim, os primeiros a demonstrar tal descontentamento foram Fernando Gabriel e Giancarlo, que além de não atravessarem um bom momento do ponto de vista técnico, parece não estarem motivados com o atual momento vivido pelo time. Eles falaram com o presidente e, pelo que tudo indica, não vestem mais a camisa do clube na temporada.

Fernando Gabriel também está
de saída do clube
FOTO: Internet
A reunião foi demorada, sendo que, após a mesma, os jogadores foram liberados para retornarem aos treinos no período da tarde, treinamento este comandado pelo preparador físico Benê Lima, no estádio municipal e que já não contou com as presenças de Fernando Gabriel e Giancarlo.

Na fase final do Paulistão muito se especulou sobre propostas para os dois jogadores deixarem o Massa Bruta. No entando, o presidente garantiu que nada de concreto chegou até ele. Tal fato parece ter desmotivado bastante a ambos, que não conseguiram render o mesmo futebol do início da temporada.

Fernando Gabriel tem 24 anos e contrato com o Bragantino até 31/12/2013.

Giancarlo tem 29 anos e contrato com o clube também até 31/12/2013.

Um comentário:

  1. Às vezes é preciso especular para tentar entender algumas coisas dentro do Bragantino, afinal de contas as coisas por lá são sempre obscuras quando se trata de comissão técnica, jogadores, empresários e a presidência. Enfim, é muitíssimo estranho dois jogadores que vinham sendo titulares absolutos durante todo o paulistão e até o último jogo deste brasileiro da série B não fazerem mais parte do grupo repentinamente. O site oficial diz que foram demitidos, outros dizem que estavam desestimulados. Mas quer saber? Creio que o Marcelo Veiga arriscou demais ao manter os dois entre os titulares com futebol abaixo da média em virtude da insistência e influência do empresário dos mesmos, que almejava uma transação onde todos sairiam ganhando. Uma coisa é certa: enquanto este "esquema" estiver vigente, infelizmente o treinador permanecerá e o tão querido Massa Bruta nunca estará lutando por nada que não seja $$$$. É triste demais para quem aprecia o esporte chamado futebol e torce por um time repleto de histórias; e por que não, de glórias. Um abraço!

    ResponderExcluir

Post aqui seu comentário: