Busca no BLOG

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

ÁRBITRO RELATA INVASÃO DE CAMPO E BRAGANTINO PODE SER MULTADO

SEGUNDO RELATÓRIO DO ÁRBITRO, TORCEDOR NÃO FOI IDENTIFICADO

A arbitragem confusa de Raphael Claus, principalmente no segundo tempo do jogo contra o Santos, não terminou com o final da partida. Em seu relatório, enviado a Federação Paulista de Futebol (FPF) nesta segunda-feira, o árbitro relata invasão de campo e agressão verbal por parte de um torcedor do Massa Bruta ao final da partida.
 
O relatório do árbitro diz: "Informo que foi respeitado 1 minuto de silêncio devido à tragédia ocorrida na cidade de Santa Maria - RS. Após o término da partida um torcedor da equipe C.A. Bragantino, que adentrou o campo de jogo, partiu em minha direção me agredindo verbalmente com as seguintes palavras: ´´Seu safado, f.d.p., que sacanagem que você fez aqui hoje´´, depois da fala partiu em minha direção sendo contido pelo policiamento. Informo que o cidadão não foi identificado pelo policiamento.
 
Com o relato o Bragantino deverá ser denunciado pela Procuradoria da Federação e responder em julgamento.
 
O clube pode ser incluso no art. 213 do CBJD (deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: I - desordens em sua praça de desporto; II - invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo; III - lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo.
 
A pena prevista é de multa entre R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais).
 
O parágrafo primeiro do artigo 213 diz que: "Quando a desordem, invasão ou lançamento de objeto for de elevada gravidade ou causar prejuízo ao andamento do evento desportivo, a entidade de prática poderá ser punida com a perda do mando de campo de uma a dez partidas, quando participante da competição oficial", o que não vem a ser o caso, devendo o clube se defender de uma possível multa.