Busca no BLOG

sábado, 3 de agosto de 2013

BRAGANTINO PERDE NO PACAEMBU PARA O PALMEIRAS

EQUIPE FEZ UMA BOA SEGUNDA ETAPA E PODERIA TER VOLTADO COM O EMPATE DA CAPITAL

Palmeiras e Bragantino fizeram uma partida bastante disputada nesta sexta-feira, no Pacaembu, em São Paulo, que terminou com a vitória do ‘Verdão’ por 2 a 1. Vagner Benazzi surpreendeu na escalação do Bragantino. Ele armou a equipe com dois zagueiros e três atacantes. Raphael Andrade e Lincon foram para o banco de reservas.

Léo Jaime retornou ao time, mas teve
uma atuação bastante discreta
FOTO: Divulgação/Internet
Melhor na primeira etapa e criando várias oportunidades de gol, o Palmeiras abriu o marcador aos 42 min com Alan Kardec. O lance do gol começou com um arremesso lateral cobrado de forma equivocada por Léo Jaime no campo de ataque. Charles ficou com a bola e tocou para Valdívia, que puxou o contra ataque e fez toda a jogada até tocar para Alan Kardec concluir.

No final da primeira etapa Geovanni entrou no lugar de Gustavo, contundido. Na volta para a segunda etapa Dudu entrou na vaga de Cesinha.

O Braga voltou com tudo e logo aos 45 segundos desperdiçou a chance de empatar com Tiaguinho. Quando estava melhor em campo o time de Benazzi sofreu o segundo gol, mais uma vez em uma falha individual. Aos 17 min, Glauber errou ao tentar dominar a bola no meio campo e Charles se aproveitou. O meio campista caminhou até a proximidade da área e tocou para Valdívia, que dominou e bateu com estilo, sem chances para Leandro Santos.

Minutos depois, Elias foi expulso de campo. Mesmo com um jogador a menos o Braga não desanimou e continuou atacando e assustando a meta de Fernando Prass. Com a expulsão de Charles, o jogo se tornou ainda mais equilibrado.

Aos 34, Dudu perdeu uma grande oportunidade para diminuir o marcador. Ele apanhou um rebote de uma dividida entre Paulinho e Fernando Prass, mas mandou a bola sobre o gol palmeirense.

De tanto insistir o Bragantino marcou aos 43. Geovanni cobrou falta em direção a área. Kadu e Dudu praticamente finalizaram juntos. O árbitro assinalou o gol para o zagueiro.

No minuto seguinte o mesmo Kadu furou, entre a marca do pênalti e a linha da pequena área, perdendo a chance do empate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: