Busca no BLOG

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

MERA COINCIDÊNCIA: PROTESTO DO TORCEDOR E REFORMA DAS ARQUIBANCADAS

MELHOR ANALISAR O LADO POSITIVO

Na partida diante do Atlético-GO alguns torcedores do Bragantino fizeram um protesto pacífico contra a permanência do técnico Marcelo Veiga no comando técnico do Massa Bruta. Alguns cartazes e faixas foram levados pelos torcedores nesta manifestação.

Durante a partida alguns cartazes ficaram expostos junto ao alambrado das arquibancadas que ficam em frente as cabines de rádio e televisão. Os dizeres destes cartazes chegaram a ser noticiados durante a transmissão, tanto pelas rádios como pela TV que transmitiam a partida.


Curiosa e coincidentemente, no jogo seguinte, contra o Icasa-CE os torcedores não tiveram acesso as arquibancadas frontais e nem atrás do gol (onde as arquibancadas são de estrutura metálica), mediante comunicado de que as mesmas estariam passando por um processo de reforma.


Vista parcial das arquibancadas que passarão por reforma
FOTO: Divulgação/Internet
Como costumeiramente, nos últimos anos, a maioria dos estádios acabam sendo interditados às vésperas do início do Paulistão, sob a justificativa de falta de apresentação de laudos de vistoria da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Vigilância Sanitária, etc..., quero acreditar que, este ano, o Bragantino está se antecipando a tudo isso para deixar o estádio em ordem para a estréia da equipe na competição, dia 19 de janeiro, contra o São Paulo, conforme divulgado em tabela esta semana.

Com um prazo bem maior do que nos anos anteriores, o estádio do Bragantino só não estará apto a receber a partida Bragantino x São Paulo, se a incompetência for muito grande.

Sendo assim torcedor, vamos analisar pelo lado positivo dos fatos. Hoje, vocês não podem ocupar o espaço que está sendo reformulado para já estar apto e liberado na primeira partida do Paulistão 2014.

E o tempo provará e nos mostrará isso... ou não?  Vamos aguardar... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: