Busca no BLOG

sábado, 19 de outubro de 2013

BRAGANTINO PERDE PARA O PALMEIRAS

TIME FOI COVARDE NA PRIMEIRA ETAPA

O Bragantino voltou a ser derrotado (foi a 14ª derrota do time na Série B do Brasileiro), desta feita por 2 a 0 para o Palmeiras, na tarde deste sábado, no ‘Marcelão’ e estacionou no bloco intermediário da tabela de classificação. Alan Kardec e Wesley, um em cada etapa, marcaram os gols do ‘Verdão.
Wesley deu muito trabalho a Geandro
FOTO: Fábio Moraes

A presença de público acabou ficando abaixo da expectativa (pouco mais de 6000 pagantes), muito provavelmente pelo fato do Bragantino praticamente não ter mais qualquer perspectiva na competição.

O jogo começou com o Braga tendo um único propósito: não deixar o Palmeiras jogar e, automaticamente, tentar a todo o custo não sofrer gols. O objetivo conseguiu ser alcançado durante 28 minutos, momento em que Alan Kardec abriu o marcador. Até então o Palmeiras já havia criado ao menos três boas oportunidades para marcar, esbarrando no erro de pontaria dos seus jogadores e nas defesas do goleiro Leandro Santos, a principal delas em uma bola cabeceada por Henrique, aos 14 min.

Mesmo atrás no marcador o Bragantino não conseguiu sair de traz e o Palmeiras dominou amplamente toda a primeira etapa.

Na segunda etapa, logo no início, Leandro foi expulso, deixando o Palmeiras com um jogador a menos. Léo Aro entrou no Bragantino e o time melhorou. A partida ficou mais equilibrada.

O Palmeiras se encolheu, mas o Bragantino cometeu um erro crucial, o de insistentemente levantar a bola contra a área adversária, facilitando o trabalho, principalmente de Henrique, André Luiz e Fernando Prass. O Bragantino dominou as ações, mas sem muita objetividade.

Em rápido contra ataque Wesley marcou o segundo e consolidou a vitória do Palmeiras, aos 48 min.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

ATENÇÃO: MUDANÇAS NO PAULISTÃO 2014

FEDERAÇÃO SE REUNIU ESTA TARDE COM ALGUNS CLUBES E JÁ APRESENTOU NOVA FÓRMULA

A Federação Paulista de Futebol promoveu um almoço nesta sexta-feira para os clubes do interior que disputarão o Paulistão 2014. Na realidade, o objetivo era mostrar a todos como será a competição estadual no próximo ano e isso foi feito após todos estarem satisfeitos com o cardápio servido e bem alimentados. A reunião teve um caráter informal, até porque a reunião oficial do Conselho Técnico acontecerá até o final deste mês.

A competição deverá ter quatro grupos com cinco equipes em cada um deles, onde a exemplo das competições promovidas pela FIFA, será realizado um sorteio dirigido, para se definir qual equipe fará parte de qual grupo.

Os quatro considerados 'grandes' (Corinthians, Santos, São Paulo e Palmeiras) serão cabeças de chave e irão compor o Bloco 01.

Os quatro que subiram da Série A2 (Portuguesa, Rio Claro, Audax e Comercial) também estarão um em cada grupo, compondo o Bloco 05.

Os doze clubes restantes serão divididos nos demais três blocos, conforme a classificação final da temporada 2013, ficando assim distribuídos:
Bloco 02 - Mogi Mirim, Ponte Preta, Botafogo e Penapolense.
Bloco 03 - Linense, XV de Piracicaba, BRAGANTINO e São Bernardo.
Bloco 04 - Paulista, Ituano, Atlético Sorocaba e Oeste.

Os clubes de um mesmo grupo não vão jogar entre si, pegando pela frente os 15 clubes de outros três grupos. Serão, portanto, 15 rodadas e não mais 19, na primeira fase.

Nesta nova distribuição o Bragantino, por exemplo, fará sete jogos em casa e oito fora, devido a sua classificação no campeonato deste ano e, automaticamente, não enfrentará o time considerado 'grande' que já estiver em seu grupo.

Terminadas as 15 rodadas, os primeiros colocados de cada grupo chegarão as semifinais e decidirão a vaga para a final em dois jogos, que também será disputada em duas partidas, totalizando 19 datas para toda a competição. O Torneio do Interior, a princípio, fica abolido.

Em relação ao rebaixamento, os quatro piores clubes em pontos serão rebaixados, independente dos grupos.

No almoço não estiveram presentes representantes dos quatro grandes. Também não estiveram presentes representantes do Rio Claro, Mogi Mirim, São Bernardo, Paulista, Ituano e Oeste.

Entre os 10 presentes, três se mostraram contrários a nova fórmula, mas devem ser votos vencidos na reunião oficial: Ponte Preta, Bragantino e Linense.

O Paulistão 2014 terá início dia 18 de janeiro e término dia 13 de abril.

BRAGANTINO NÃO DIVULGA ESCALAÇÃO, MAS TIME ESTÁ PRONTO

APESAR DO MISTÉRIO, LÉO JAIME DEVE JOGAR

O Bragantino encerrou nesta sexta-feira sua preparação para o difícil compromisso deste sábado, 16h20, contra o Palmeiras, pela 31ª rodada do Brasileiro da Série B.
Léo Jaime deve estar em
campo para enfrentar o Palmeiras
FOTO: Sílvio Loredo

A principal dúvida do treinador está na presença ou não de Léo Jaime na equipe. Ele se recupera de um pisão no pé (altura do tornozelo) que sofreu na partida diante do Paraná. O atacante realizou um raio-x e nada foi constatado, devendo assim ser escalado para o jogo.

Com a ausência de Lincon, suspenso com três cartões amarelos, Léo Jaime passou a ser a pri
ncipal arma ofensiva da equipe e sua escalação está sendo valorizada neste momento.

Nas demais posições, Nilson será o substituto de Lincon e Geandro deve ganhar a vaga de Magno, que também está suspenso. Assim, Gustavo passaria a atuar mais na armação, exercendo uma função diferente da executada em Curitiba.

Caso Léo Jaime não seja escalado as opções são Pacheco, Alex e Francesco.

FICHA TÉCNICA: BRAGANTINO 2 x 1 PALMEIRAS

ÚLTIMA VITÓRIA DO BRAGANTINO CONTRA O PALMEIRAS, EM BRAGANÇA

CAMPEONATO BRASILEIRO - SÉRIE A
13/09/1997

BRAGANTINO (2) - Ivan; Ayupe, Pedro Luís, Gino e Ronaldo Alfredo; Edson Baiano, Marcão, Pereira e Geraldo; Ivanzinho (Charles Baiano) e Márcio Mixirica (Paulinho). Téc: Cassiá.

PALMEIRAS (1) - Veloso; Pimentel, Roque Júnior, Cléber e Júnior; Amaral (Galeano), Rogério, Alex e Zinho; Viola (Euller) e Oséas. Téc: Luiz Felipe Scolari.

Gols: Ronaldo Alfredo (13'/1º), Alex (27'/1º) e Márcio Mixirica (5'/2º).

Cartão Amarelo: Ivan (BRA).

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS).

Público: 4501 pagantes.

CONFRONTOS: BRAGANTINO x PALMEIRAS

BRAGANTINO NÃO VENCE O PALMEIRAS EM BRAGANÇA DESDE 1997

Confrontos válidos apenas em jogos do Campeonato Brasileiro
FONTE: Silvio Loredo
O confronto entre BRAGANTINO x Palmeiras neste sábado, 16h20, no 'Marcelão' será o 39º na história deste duelo, que tem a vantagem do 'Verdão'. São 20 vitórias do Palmeiras, nove empates e nove vitórias do Bragantino.

O estádio Nabi Abi Chedid (Marcelão) recebeu o confronto por 16 ocasiões e a última vitória do Bragantino foi no Brasileirão de 1997, por 2 a 1, gols de Ronaldo Alfredo e Márcio Mixirica; Alex marcou para o Palmeiras.

Em 2006 o Bragantino venceu o confronto válido pela Copa FPF, mas foi contra o Palmeiras-B, que mais tarde se tornaria uma outra equipe, participando de divisões inferiores nas competições da própria FPF.

Acompanhe os números:

JOGOS: 38
VITÓRIAS DO PALMEIRAS – 20 (61 GP)
VITÓRIAS DO BRAGANTINO – 09 (35 GP)
EMPATES - 09

CAMPEONATO PAULISTA - 24 jogos
Bragantino 4 v (18 GP)
Palmeiras 12 v (39 GP)
8 Empates

COPA COMMENBOL (1996): 2 jogos (uma vitória de cada)
10/09/96 - vitória do Bragantino (5 x 1)
02/10/96 - vitória do Palmeiras (3 x 0)

AMISTOSOS: 2 jogos (duas vitórias do Palmeiras)
27/07/1933 – Bragantino 1 x 3 Palmeiras
10/03/1957 – Bragantino 1 x 2 Palmeiras

COPA FPF: 2 jogos (uma vitória de cada)
23/07/06 – Bragantino 2 x 0 Palmeiras
03/09/06 – Palmeiras 1 x 0 Bragantino

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

TÉCNICO DO BRAGANTINO CONTRADIZ O PRESIDENTE

TREINADOR AFIRMOU QUE JÁ PLANEJA COM O PRESIDENTE TEMPORADA 2014

O técnico do Bragantino Marcelo Veiga afirmou nesta quinta-feira, no Programa 'Donos da Bola', na TV Bandeirantes, que sua volta ao comando do Massa Bruta visa também, antecipar um planejamento para a próxima temporada. "Já estamos observando alguns jogadores em outros clubes e definindo quem sai e quem fica ao final da Série B", destacou Veiga.

O fato curioso é que, no dia de sua apresentação no clube, o presidente Marco Chedid disse que o contrato de Veiga com o Bragantino era somente até o término da Série B (cerca de dois meses e meio) e depois disso a situação seria revista sobre sua permanência ou não a frente do comando técnico do time.

E agora José?

Fica a pergunta no ar: Pode acontecer um planejamento sem a certeza da permanência no comando? Esta certeza já foi confirmada após um mês de trabalho? Ou quando o presidente afirmou dois meses e meio foi para acalmar os ânimos dos mais exaltados?

Vamos aguardar, mas pelo que tudo indica o Bragantino já tem técnico para a temporada 2014 e o presidente não tem nenhuma outra válvula de escape que venha a assumir o comando do time.




BRAGANTINO x PALMEIRAS NÃO TERÁ ÁRBITRO PAULISTA

GOIANO ANDRÉ LUIZ DE FREITAS CASTRO SERÁ O ÁRBITRO

A CBF definiu a escala de árbitros para mais uma rodada da Série B do Brasileiro.

BRAGANTINO x Palmeiras, sábado, 16h20, no estádio Nabi Abi Chedid, terá a arbitragem de André Luiz de Freitas Castro. 

Curiosamente, como o confronto envolve duas equipes do estado de São Paulo, normalmente teríamos um árbitro da Federação Paulista de Futebol escalado, mas não foi o que aconteceu.

André Luiz é natural de Orizona-GO, cidade localizada ao sul do estado, cerca de 140 km da capital e conhecida por ser uma das maiores bacias leiteiras do estado, além de ser também uma grande produtora de cachaça.

Formado em Educação Física, atualmente ele está com 39 anos e nos últimos dois anos apitou dois jogos do Bragantino. Em 2011 na fatídica derrota contra o ASA, por 1 a 0, em Bragança, e no ano passado na derrota para o América-MG, por 3 a 2, na Arena Independência.

Confira a escala completa da arbitragem para esta partida:
Árbitro
Árbitro Assistente 1
Árbitro Assistente 2
Quarto Árbitro
Delegado

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

LINCON E MAGNO NÃO ENFRENTAM O PALMEIRAS

AMBOS RECEBERAM O TERCEIRO CARTÃO AMARELO

Lincon e Magno cumprem suspensão e não enfrentam
o 'Verdão' no sábado
FOTOS: Sílvio Loredo
Além de não atravessar um bom momento dentro da Série B do Brasileiro e ter pela frente nada mais nada menos que o Palmeiras, neste próximo sábado, o Bragantino perdeu duas peças importantes para esta partida. O atacante e artilheiro Lincon e o meio campo Magno receberam o terceiro cartão amarelo contra o Paraná e ficam de fora.

Quem também não tem presença confirmada é Léo Jaime, que deixou o campo de jogo contundido na partida de ontem.

Os jogadores do Bragantino se reapresentam amanhã (quinta-feira) no estádio Nabi Abi Chedid, quando o técnico Marcelo Veiga começa a preparar a equipe para o jogo do sábado, 16h20, contra o Verdão.

BRAGANTINO PERDE PARA O PARANÁ

EQUIPE LUTOU MUITO, MAS NÃO EVITOU MAIS UMA DERROTA

Lance reclamado pelos jogadores do Bragantino e
que deu origem ao único gol do jogo
FOTO: Divulgação/internet
O Bragantino voltou a ser derrotado em mais uma rodada da Série B do Brasileiro. Desta vez para o Paraná Clube, por 1 a 0, jogando em Curitiba, na noite desta terça-feira. O resultado mantém a equipe no bloco intermediário da classificação, na 12ª colocação. Por outro lado, o Paraná voltou a ingressar no G4, assumindo a 4ª colocação.

O jogo teve dois tempos distintos. Na primeira etapa a partida foi mais equilibrada com as duas equipes criando chances. Já na etapa final o Paraná foi melhor e, ao final, fez por merecer o resultado positivo.

Ao final da partida alguns jogadores do Bragantino reclamaram da arbitragem que, na visão deles, deixou de assinalar uma penalidade máxima em Nilson, além de uma possível falta de Reinaldo em Raphael Andrade no lance do gol do Paraná.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

CONFRONTOS: PARANÁ x BRAGANTINO

Dos 17 jogos, quatro deles foram pela Série A, um pela Copa João Havelange (2000), um pela Copa do Brasil (2003) e os demais pela Série B.

Em Curitiba foram nove confrontos, sendo cinco pela Série B, com três vitórias do Paraná e dois empates.

A única vitória do Bragantino em Curitiba diante do Paraná foi pela Copa João Havelange, em 2000.

A última vitória do Braga contra o Paraná foi no primeiro turno da Série B de 2011. De lá para cá foram quatro jogos com duas vitórias do Paraná e dois empates.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

BRAGANTINO VIAJA PARA CURITIBA

JOGO CONTRA O PARANÁ SERÁ NESTA TERÇA-FEIRA

O Bragantino seguiu para Curitiba na tarde desta segunda-feira, onde amanhã enfrenta o Paraná Clube, 21h50, no estádio Durival de Britto e Silva. O técnico Marcelo Veiga não relacionou o lateral Pacheco e o atacante Dudu, vetados pelo departamento médico; além do meio campo Bruninho e do atacante Tiago Cavalcanti.

A novidade é o retorno de Preto que, suspenso, não enfrentou o ASA-AL.

Nesta segunda-feira foi realizado um treino recreativo e algumas jogadas de bola parada, ainda no período da manhã.

Confira a relação dos atletas que seguiram para Curitiba:
Goleiros: Leandro Santos e Gilvan
Laterais: Alex
Zagueiros: Guilherme, Raphael Andrade e André Vinicius
Volantes: Robertinho, Preto, Carlinhos, Serginho, Graxa e Francesco
Meias: Magno, Geovanni e Gustavo
Atacantes: Léo Jaime, Lincon, Cesinha e Nilson.

domingo, 13 de outubro de 2013

ÁRBITRO FIFA APITA PARANÁ X BRAGANTINO

ALAGOANO FRANCISCO CARLOS DO NASCIMENTO SERÁ O ÁRBITRO

A Comissão de Arbitragem da CBF definiu a escala de árbitros para mais uma rodada da Série B do Brasileiro. Paraná x BRAGANTINO, na terça-feira, 21h50, no estádio Durival Britto e Silva, a Vila Capanema, em Curitiba-PR, terá a arbitragem do alagoano Francisco Carlos do Nascimento, pertencente ao quadro de árbitros da FIFA.

Francisco Carlos, 36 anos, é natural de São José da Laje-AL e passou a integrar o quadro da FIFA no ano passado, sendo que atua como árbitro desde 2003. Em Maceió também trabalha como Assessor Parlamentar.

Jogos que ele apitou do Bragantino:
2011 - Vila Nova-GO 1 x 2 Bragantino
2012 - Goiás 1 x 0 Bragantino
2012 - América-RN 2 x 1 Bragantino

Confira a escala completa para a partida:
Árbitro
Árbitro Assistente 1
Árbitro Assistente 2
Quarto Árbitro
Adriano Milczvski (CBF 2 PR)
Assessor

BRAGANTINO VENCE E RESPIRA MAIS ALIVIADO

VITÓRIA FOI JUSTA APESAR DO LIMITADO FUTEBOL APRESENTADO


O jogo que era considerado como um divisor de águas para o Bragantino na Série B do Brasileiro terminou com vitória do Massa Bruta, 2 a 0, sobre o ASA-AL na noite deste sábado, no estádio Nabi Abi Chedid. Léo Jaime e Lincon marcaram os gols que consolidaram mais três pontos a equipe na competição, que chegou aos 39 pontos, abrindo nove de vantagem sobre o primeiro time dentro da zona do rebaixamento. Por outro lado, a diferença para o quarto colocado caiu para oito pontos.
Lincon marcou mais um na vitória do Bragantino
sobre o ASA de Arapiraca-AL
FOTO: Fábio Moraes

O Bragantino abriu o marcador logo aos 2 min de partida. Edson Veneno errou em uma saída de bola e Gustavo se aproveitou bem. Ele arrancou pelo meio e tocou para Léo Jaime que, de fora da área, bateu forte e rasteiro marcando o primeiro, sem chances de defesa para Gilson.

Em outro erro primário de saída de bola, desta vez Jorginho perdeu para Magno, que serviu a Lincon e o atacante não perdoou. Braga 2 a 0, aos 34 min da etapa final.
Este foi o sétimo gol de Lincon nos últimos seis jogos, chegando ao número de nove gols nesta Série B.