Busca no BLOG

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

LAJEADENSE-RS SERÁ O PRIMEIRO ADVERSÁRIO DO BRAGANTINO NA COPA DO BRASIL

PRIMEIRO JOGO ACONTECE NO SUL DO PAÍS

A Confederação Brasileira de Futebol sorteou na manhã desta sexta-feira, em um hotel no Rio de Janeiro, os confrontos da primeira fase da Copa do Brasil de 2014.

O Bragantino terá como adversário o Lajeadense, de Lajeado-RS, região do Vale do Taquari, distante cerca de 120 km da capital, Porto Alegre.

A primeira partida será disputada na Arena Alviazul e o jogo da volta no estádio Nabi Abi Chedid.

De acordo com o regulamento da Copa do Brasil, caso o Bragantino vença a primeira partida por dois ou mais gols de diferença elimina o jogo da volta, a exemplo do que aconteceu no ano passado em Rio Brilhante-MS, diante do Águia Negra.

Caso avance para a segunda fase o Bragantino irá enfrentar o vencedor do confronto Figueirense-SC x Plácido de Castro-AC.


A Copa do Brasil de 2014 começa no dia 12 de março e tem previsão para terminar em 26 de novembro. 

BRAGANTINO CONFIRMADO NA COPA DO BRASIL 2014

O SORTEIO ACONTECE NA MANHÃ DESTA SEXTA-FEIRA

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou a lista de participantes da Copa do Brasil 2014. Dez equipes paulistas estão confirmadas na competição, entre elas o Bragantino.

As cinco vagas destinadas para a Federação Paulista de Futebol foram preenchidas por Corinthians, Santos e São Paulo (campeão, vice e terceiro colocado do Paulistão 2013), a Portuguesa (campeã da Série A2 de 2013) e o São Bernardo (campeão da Copa Paulista 2013), conforme previa os regulamentos das competições. Além deles, estão classificados através do ranking da CBF, Palmeiras, Ponte Preta, Guarani, Bragantino e Grêmio Barueri.

Os 80 clubes que participarão dessa fase inicial da Copa do Brasil estão divididos em oito grupos de dez times, de acordo com o Ranking Nacional de Clubes da CBF.

O Bragantino está no Grupo C e na primeira fase da competição irá enfrentar uma equipe do Grupo G, que está formado por: Maranhão-MA, Paragominas-PA, Goianésia-GO, Lajeadense-RS, São Bernardo-SP, Santos-AP, Boavista-RJ, Rio Branco-AC ou Real Noroeste-ES, Desportiva-ES, Santa Rita-AL.


O sorteio, que acontece nesta sexta-feira, no período da manhã, determinará os confrontos e os chaveamentos da competição até a fase oitavas de final, quando entrarão os times que disputam a Copa Libertadores da América 2014 e será realizado novo sorteio.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

CONTAGEM REGRESSIVA PARA A ESTREIA NO PAULISTÃO 2014

ADVERSÁRIO SERÁ O SÃO PAULO, DIA 19, NO 'MARCELÃO'

Faltando 10 dias para a estreia no Campeonato Paulista 2014, contra o São Paulo, o Bragantino segue se preparando para a competição. A equipe ainda deverá realizar mais dois jogos treinos antes desta estreia. No sábado, 11, o adversário será o Joseense, clube que se prepara para a disputa da Série A3, e o amistoso será realizado no CT do Marcelinho Carioca, para onde a delegação seguirá no próprio sábado.

O Bragantino permanecerá concentrado em Atibaia até o domingo, 19, momentos antes do jogo da estreia, marcado para 17 horas, no estádio Nabi Abi Chedid.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

08/01/2014: 86 ANOS DO CA BRAGANTINO - PARTE 05 (FINAL)

O RESSURGIMENTO

Depois de fracassadas campanhas na Série A2 do Campeonato Paulista no final da década de 90 e início dos anos 2000 e de ser rebaixado para a Série C do Brasileiro, os dias do glorioso Bragantino davam a impressão que estavam contados.

As ações trabalhistas eram inúmeras e aumentavam dia a dia. Até o estádio foi a leilão e para piorar as coisas interditado no ano de 2004, quando o time teve que atuar durante toda a Série A2 de forma itinerante.
Adicionar legenda

De repente, como um verdadeiro Leão, o Bragantino ressurgiu e aos poucos vem retomando seu lugar no cenário do futebol.

FOTOS DOS TIMES: Sílvio Loredo/BJD
O acesso para o Paulistão, onde o time permanece até hoje, foi conquistado em 2005. 

A vaga na Série B do Brasileiro veio com o título de Campeão Brasileiro da Série C em 2007.

Em 2011 o time deixou escapar o acesso para o Brasileirão e a partir de então o torcedor se afastou e não tem comparecido em bom número ao estádio.
 


O atual presidente Marco Chedid ao mínimo até o final de 2015 permanecerá ocupando o principal posto dentro do clube

08/01/2014: 86 ANOS DO CA BRAGANTINO - PARTE 04

1992-1998: DO AUGE A QUEDA

A regularidade nas competições nacionais rendeu ao Bragantino participar de três edições da Copa Conmebol (1992-93-96), competição sul-americana. Nas duas primeiras participações o time foi eliminado na primeira fase. Na terceira participação eliminou o Palmeiras na primeira fase e foi eliminado nas quartas de final para o Independiente Santa Fé, da Colômbia.

No Paulistão, o rebaixamento em 1995 começou a abalar a estrutura da equipe. Estrutura esta que ficou ainda mais comprometida com o rebaixamento no Brasileirão de 1998.
 
Jesus Chedid deixou a presidência do clube em 1996


Sidney Rodolfo Machado foi o presidente do clube no ano de 1997, antecedendo o mandato de Marco Antonio Chedid, que comanda o clube até os dias de hoje.

08/01/2014: 86 ANOS DO CA BRAGANTINO - PARTE 03

1990-1991: OS ANOS DE OURO


O nome do Bragantino começou ganhar repercussão nacional no final da década de 80. Em 1988, sob a presidência de Jesus Chedid, o time conquistou a divisão de acesso do campeonato paulista e depois de 23 anos retornou a elite do futebol de São Paulo.

Em 1989, sob o comando do então desconhecido Vanderlei Luxemburgo, conquistou seu primeiro título nacional em sua primeira participação: Campeão Brasileiro da Série B e o direito de disputar o Brasileirão no ano seguinte.

O ano de 1990 foi marcante. O título de campeão paulista na chamada 'final caipira' diante do Novorizontino e a oitava colocação no Brasileiro coroaram o ano.
Luis Carlos Prima (preparador físico), Gil Baiano, Júnior,
Biro Biro, Carlos Augusto, Mauro Silva e Marcelo.
Ivair, Tiba, Mário, Mazinho e João Santos.

Em 1991, no primeiro semestre o Bragantino sagrou-se vice-campeão brasileiro, em sua segunda participação nesta competição. A decisão foi contra o São Paulo e o último e decisivo jogo no dia 9 de junho aconteceu no estádio Marcelo Stefani.

Pouco mais de um mês e o Braga conquistou o título de campeão do Torneio Início do Campeonato Paulista vencendo o Botafogo de Ribeirão Preto, nos pênaltis, por 3 a 2, no Pacaembu, em São Paulo, no dia 20 de julho.

A base do Bragantino nos anos de 90 e 91 chegou a servir a seleção brasileira, casos de Gil Baiano, Mauro Silva, Mazinho, Alberto, João Santos e Sílvio, além do técnico Carlos Alberto Parreira que, mais tarde, sagraria-se campeão mundial nos EUA, juntamente com o volante Mauro Silva, que transferiu-se para o La Coruña, da Espanha.

08/01/2014: 86 ANOS DO CA BRAGANTINO - PARTE 02

DE 1966 A 1987


A estreia na elite do futebol paulista não foi boa e o time acabou rebaixado logo em sua primeira participação. Após a queda o time se manteve até 1971 na divisão de acesso.

Uma grande crise fez o time se licenciar das competições oficiais durante quatro temporadas. Em 1979, sob a presidência de José Roberto Bonucci, conquistou o título da Terceira Divisão, que na época correspondia a quinta e última divisão do futebol paulista.
Sá (preparador físico), Nã (treinador), Tidão, Marinho, Zé Márcio,
Neneca, Elias, Nelsinho e Beto Bonucci (presidente).
Porquinho, Maurinho, Wilsinho, Everaldo, Antonioni e Bahia


A partir de 1980 aconteceu uma reformulação no futebol paulista e o Braga ficou na Segunda Divisão, apenas uma abaixo da principal.

Em 1987 o time quase caiu para a Terceira Divisão. Um grupo de apoio encabeçado por Jesus Abi Chedid ajudou a salvar a equipe. Reforços vindos do Mogi Mirim (Silvinho, Henrique, Bugrão, Ivair e Waguinho, além do preparador físico Oswaldo Alvarez – Vadão), juntaram-se aos comandados de Ilzo Nery e salvaram o Massa Bruta.

08/01/2014: 86 ANOS DO CA BRAGANTINO - PARTE 01

DA FUNDAÇÃO (1928) A 1965

O Bragantino, um dos mais tradicionais times do interior do Estado de São Paulo, está completando na data de hoje, 86 anos de existência.

Fundado em 8 de janeiro de 1928, o clube teve em toda a sua trajetória momentos bons e ruins, mas os títulos conquistados se tornaram marcas representativas. Campeão Paulista em 1990, campeão das divisões de acesso em 1965 e 1988, campeão do Torneio Início do futebol paulista em 1991, vice-campeão brasileiro em 1991, campeão brasileiro da Série B em 1989 e campeão brasileiro da Série C em 2007.

Seu primeiro presidente foi Ismael de Aguiar Leme.

Vinte e um anos após sua fundação estreou em competições profissionais oficiais, disputando o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, ao lado de mais 46 equipes do interior do Estado. Um campeonato regionalizado no qual o Braga estava Série Vermelha (Série da Paulista), juntamente com Guarani, Ponte Preta e Mogiana (Campinas), Taubaté, Rio Branco (Americana), EC São Caetano (SC do Sul), Votorantim (Sorocaba), São João e Paulista (Jundiaí), Corinthians (Santo André), Portofelicense (Porto Feliz) e o CA Piracicabano (Piracicaba).

Apenas o campeão de cada uma das Séries (total de quatro) avançava para a fase decisiva. O Bragantino terminou na quarta colocação, com 28 pontos, atrás das três equipes de Campinas.

Em 1965, sob a presidência de Nabi Abi Chedid, o time conquistou o acesso para a elite do futebol paulista. Uma verdadeira invasão de torcedores de Bragança tomou conta do Pacaembu. Dois emocionantes jogos contra o Barretos, onde uma vitória e um empate consolidaram o Massa Bruta na Primeira Divisão.



Roberto, Darci, Geraldo, Ivan, Del Pozzo e Valter.
Nardinho, Norberto, Nivaldo, Hélio Burini e Wilsinho.