Busca no BLOG

quarta-feira, 4 de maio de 2016

BRAGANTINO VENCE AVAÍ NA PARTIDA DE IDA DA COPA DO BRASIL

Leandro Oliveira marcou o gol da vitória no primeiro minuto da etapa final. Com a vitória, o Braga joga pelo empate, em Florianópolis-SC, para seguir na Copa do Brasil

Zagueiro Douglas Silva na origem de uma das muitas
jogadas ofensivas do time na partida contra o Avaí
FOTO: Sílvio Loredo
O Bragantino voltou a atuar diante de seu torcedor após a eliminação no Campeonato Paulista da Série A2 e apresentou um bom futebol. A partida foi contra o Avaí, em jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil e terminou com a vitória do Massa Bruta por 1 a 0. O gol da vitória foi assinalado por Leandro Oliveira, no primeiro minuto da etapa final.

Superior ao adversário em pelo menos 80% do tempo de jogo, o placar mínimo acabou sendo pequeno, pelas chances criadas. O goleiro Renan, do Avaí, foi o personagem da partida, evitando um placar mais elástico em favor do Braga.

Com o resultado o time do técnico Léo Condé tem a vantagem do empate no joga da volta, na próxima terça-feira, 10, em Florianópolis-SC.

BRAGA SUPERIOR NA PRIMEIRA ETAPA
Desde os primeiros minutos da partida o que se viu em campo foi um Bragantino determinado na busca da vitória. Pressionando o adversário e sem deixar espaços, o time foi criando chances de gol que pararam nas boas defesas de Renan.

Com 20 minutos de bola rolando o Bragantino tinha 70% da posse de bola.

A primeira etapa teve ao menos quatro jogadas perigosas e com chances de gol para o Massa Bruta. Edson Sitta, Zambi e Alemão (duas vezes) tiveram as oportunidades. Em uma delas, aos 30 min, o lateral do Braga, em cobrança de falta, obrigou Renan a praticar excelente defesa, mandando a bola para escanteio.

Ao final deste primeiro tempo o Bragantino finalizou 10 vezes contra nenhuma finalização do adversário.

GOL LOGO NO INÍCIO
O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro terminou, com o Braga pressionando. A diferença é que logo no minuto inicial aconteceu o gol. Zambi arrancou pela esquerda e serviu a Leandro Oliveira no meio. O camisa 10 deu um corte com o pé direito no marcador e, de pé esquerdo, bateu colocado. A bola desviou no zagueiro e ainda tocou na trave antes de entrar.

Aos 19, o Braga desperdiçou a melhor chance da noite para ampliar. Alemão fez a jogada pela direita com Zambi. O camisa 11 deixou Elder Santana cara a cara com o goleiro Renan, mas o atacante finalizou mal e mandou a bola sobre o gol do Avaí.

Em uma das poucas investidas ofensivas do Avaí, o time catarinense quase chegou ao empate. Nos acréscimos, Lucas de Sá cobrou uma falta, Jobinho desviou e Felipe, atento, mandou a bola pela linha de fundo.

O jogo terminou com 14 finalizações do Bragantino, contra 4 do Avaí.