Busca no BLOG

terça-feira, 31 de maio de 2016

SAMPAIO CORRÊA E BRAGANTINO NÃO SAEM DO ZERO

EMPATE FEZ COM QUE O BRAGANTINO PERMANEÇA NA ZONA DO REBAIXAMENTO

Sampaio Corrêa e Bragantino fizeram uma partida fraca do ponto de vista técnico e com poucas chances de gol na noite da última terça-feira, no Castelão, em São Luis-MA, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Resultado: zero a zero no marcador e a permanência das duas equipes entre as últimas colocadas da competição.

Zagueiro Jesiel, do Bragantino, 
disputa o lance com o atacante Carlos Alberto
FOTO: Internet
O Bragantino teve algumas mudanças promovidas pelo técnico Toninho Cecílio. Rodrigo Sam atuou improvisado como lateral direito, Watson fez a estréia no meio campo, e Erick ganhou uma vaga no ataque.

No decorrer da partida, na segunda etapa, Guilherme Andrade foi mais um estreante, entrando no lugar de Watson. Jobinho e Elder Santana tiveram suas primeiras oportunidades com o novo treinador, ambos entrando também na etapa final.

POUCAS CHANCES AO LONGO DO JOGO
As duas equipes encontraram inúmeras dificuldades, principalmente no setor de armação ofensiva. Até a intermediária, Sampaio e Bragantino evoluíam, mas a partir daí, ambos sentiam a falta de um melhor articulador. A prioridade foi a marcação e a tentativa em evitar sofrer o gol.

O primeiro tempo foi truncado, de muita marcação e praticamente sem chances de gol.

A primeira grande oportunidade de gol foi desperdiçada pelo Bragantino, com o zagueiro Jesiel, aos 16 min da segunda etapa. Mesmo desequilibrado, ele tocou em uma bola levantada para o interior da grande área, mas a mesma não pegou a direção desejada.

Aos 35, Elder Santana arriscou da entrada da área e Jean desviou para escanteio.

Sete minutos depois foi a vez de Felipe, goleiro do Braga, espalmar a bola em uma cobrança de falta de Léo Gago (ex-Bragantino).

SÁBADO EM GOIÂNIA

O Bragantino volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o vice líder, Atlético-GO, no Serra Dourada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: