Busca no BLOG

domingo, 24 de julho de 2016

DE VIRADA, BRAGANTINO PERDE PARA O VASCO, NO RJ

BRAGA TERMINOU A PARTIDA NOVAMENTE COM 10 JOGADORES. GABRIEL DIAS FOI EXPULSO AINDA NA PRIMEIRA ETAPA E PREJUDICOU A EQUIPE

CÉSAR GAÚCHO TENTA CHEGAR NA MARCAÇÃO DO ATACANTE ÉDERSON
FOTO: PAULO FERNANDES/VASCO.COM.BR
Depois de uma seqüência de resultados positivos, o Bragantino voltou a perder no Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando no último sábado, em São Januário, Rio de Janeiro, a equipe acabou derrotada para o Vasco, de virada, por 2 a 1, pela 17ª rodada da competição.

Um dos fatores preponderantes para a derrota foi a expulsão de Gabriel Dias, aos 37 min da primeira etapa. Quando da expulsão o Braga vencia a partida por 1 a 0.

Com a derrota o Massa Bruta permanece na zona do rebaixamento, um ponto atrás do Goiás e três do Avaí, respectivamente, 16º e 15º colocados.

COMEÇO EQUILIBRADO
Mesmo jogando fora de casa e contra o líder do campeonato, o Bragantino conseguiu equilibrar a partida em boa parte da primeira etapa, principalmente na velocidade dos contra ataques.

Logo aos 6 min, Marcos Paullo cruzou na área do time carioca e a bola passou por Rafael Grampola, que se esticou, mas não conseguiu alcançar a bola.

A resposta do Vasco foi imediata. Yago Pikachu recebeu a bola pela direita, invadiu a área e chutou cruzado para a defesa de Felipe.

Aos 17, o Braga abriu o marcador. Marcos Paullo cobrou falta pelo lado esquerdo e Rafael Grampola ganhou o lance do zagueiro Rodrigo e marcou de cabeça, sem chances para Martin Silva, goleiro do Vasco.

Novamente Pikachu, agora de cabeça, aos 23, exigiu outra boa participação do goleiro Felipe.

A história do jogo passou a mudar com a expulsão de Gabriel Dias, aos 37 min. Ele cometeu falta em Júlio César e recebeu o segundo cartão amarelo.

SEGUNDO TEMPO DE UM TIME SÓ

No intervalo os dois treinadores mexeram em suas equipes. No Braga saiu Marcos Paullo e entrou Cesar Gaúcho. No Vasco saíram Evander e Jomar (este contundido) para as entradas de Éderson e Rafael Marques.

A pressão do Vasco foi muito grande e o Braga conseguiu segurar 12 min, até que Éderson empatou a partida. Thalles deixou de cabeça para o estreante, que bem posicionado, invadiu a área e bateu forte.

Aos 27, depois de perder duas chances (com Pikachu e Andrezinho), Rodrigo fez, de cabeça, virando o marcador. Andrezinho cobrou falta e o zagueiro não perdoou.

Ao término da partida os números mostraram que o Vasco teve uma esmagadora posse de bola, 70%, contra 30% do Bragantino, que volta a campo nesta quarta-feira, contra o Botafogo, pela Copa do Brasil, partida que acontece na Arena Botafogo (antigo estádio Luso-Brasileiro) na Ilha do Governador, no RJ.