Busca no BLOG

terça-feira, 4 de outubro de 2016

E AINDA NÃO FOI DESTA VEZ. BRAGANTINO PERDE NOVAMENTE

FOI A QUINTA DERROTA CONSECUTIVA E, APESAR DE, MATEMATICAMENTE, EXISTIREM CHANCES DE SE LIVRAR DO REBAIXAMENTO, NA PRÁTICA NÃO É O QUE ESTÁ SENDO DEMONSTRADO

LANCE DO GOL DO NÁUTICO.
MARCO ANTONIO PREPARADO PARA A COBRANÇA DA FALTA
FOTO: SÍLVIO LOREDO
Definitivamente, o Bragantino caminha a passos largos para a Série C do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira o time voltou a perder e pela quinta vez consecutiva, agora para o Náutico, por 1 a 0, em pleno estádio Nabi Chedid, pela 29ª rodada da Série B.

Ao final do jogo, revoltados, alguns torcedores se posicionaram do lado externo do estádio, nas proximidades do vestiário do Massa Bruta e protestaram contra alguns jogadores e, principalmente, contra o técnico Marcelo Veiga, que insiste em afirmar que não entregará o cargo.

O presidente Marco Chedid não esteve no estádio, mas também já se posicionou contrário a demissão do treinador, o que tem irritado ainda mais o pequeno número de torcedores que tem comparecido nestes últimos jogos.

Em campo, mais uma vez, o que se viu foi um time desordenado e que, insistentemente, alçou bolas contra a área adversária.

Tanto o Bragantino como o Náutico não tiveram uma boa apresentação. Não faltou disposição, mas sobraram erros. As chances de gol, para ambos, foram raras e quando tudo caminhava para o zero a zero, o Náutico marcou. Marco Antonio cobrando falta, aos 39 min da etapa final, definiu o jogo. Com maestria ele colocou a bola no canto do goleiro Renan Rocha, que não conseguiu chegar a tempo de evitar o gol.

A cada rodada aumenta o drama do Bragantino na Série B, até porque os resultados positivos não estão sendo alcançados. Na próxima sexta-feira, a equipe terá mais um difícil compromisso, em Goiânia, contra o Goiás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: