Busca no BLOG

terça-feira, 25 de outubro de 2016

SEM PERDER TEMPO, BRAGANTINO ANUNCIA ESTEVAM SOARES

TREINADOR JÁ FOI APRESENTADO E COMEÇOU A TRAÇAR METAS PARA SALVAR O BRAGANTINO DO REBAIXAMENTO

Um momento delicado exige pessoas experientes. Esta foi a linha adotada pelo presidente do Bragantino na escolha do novo treinador que comandará o time nas últimas seis rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B.

Estevam Eduardo Lemos Soares, profissionalmente conhecido como Estevam Soares, 60 anos, natural de Cafelândia-SP, que atua como treinador desde 1992, é o novo comandante do Massa Bruta.

Ele se apresentou na tarde desta terça-feira e já começou a trabalhar visando o jogo decisivo da próxima sexta-feira, em Curitiba, contra o Paraná (equipe que tem seis pontos a mais que o Braga na tabela de classificação).

COMO ATLETA ATUOU COMO ZAGUEIRO
Revelado pelo Guarani de Campinas, Estevam (como era chamado quando atleta), também jogou pelo XV de Jaú, São Paulo (onde fez parte da equipe campeã brasileira de 1977), Portuguesa, Bahia, Sport, Vitória, Ponte Preta, Sampaio Corrêa, Fluminense-BA e Primavera de Indaiatuba.

COMO TREINADOR
Iniciou na carreira no próprio Primavera, seu último clube enquanto atleta e, posteriormente, dirigiu Inter de Limeira, ABC-RN, URT-MG, Guarani (em três ocasiões - 1995-96, 98 e 2003), América-RN, CSA-AL (1999 e 2014), Ponte Preta (2000 e 2004), Náutico, Olympic Beirute (Líbano), CRB-AL, Gama-DF, Palmeiras, São Caetano, Coritiba, Al-Ittihad (Arábia Saudita), Grêmio Barueri (2008/2009/2011 e 2012), Portuguesa (2008 e 2015-16), Botafogo-RJ, Ceará (2010 e 2011), São Bernardo, Oeste, XV de Piracicaba, Atlético Sorocaba, Rio Claro e Tupi-MG.

O Bragantino será o 27º clube que ele comandará em sua trajetória, que tem como principal conquista o título de campeão potiguar com o América-RN, em 1997.

Seu último clube foi o Tupi, de Juiz de Fora, um dos adversários do Braga na luta contra o rebaixamento, onde comandou a equipe em 19 rodadas, com cinco vitórias, sete empates e sete derrotas. Entre estes jogos, destacam-se as vitórias sobre o Paysandu (3 x 0) fora de casa, (2 x 1) sobre o Bahia, (1 x 0) sobre o líder Atlético-GO, (2 x 1) contra o Ceará e (2 x 0) contra o Paraná, todos estes em casa.

Outro grande jogo foi o empate (2 x 2) contra o Vasco, jogos estes que o Tupi enfrentou seus adversários de igual para igual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: