Busca no BLOG

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

BRAGANTINO EMPATA COM ANÁPOLIS-GO E AVANÇA NA COPA DO BRASIL

ADVERSÁRIO DA SEGUNDA FASE SERÁ O VITÓRIA-BA, COM A PARTIDA SENDO DISPUTADA NO 'BARRADÃO'. A TABELA DA CBF DETERMINA AS DATAS DE 22/02 OU 01/03 PARA A PARTIDA

LANCE DA PARTIDA ANÁPOLIS 0 x 0 BRAGANTINO
QUE GARANTIU O MASSA BRUTA
NA SEGUNDA FASE DA COPA DO BRASIL 2017
FOTO: DIVULGAÇÃO
O Bragantino alcançou a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil-2017 ao empatar em 0 a 0, com o Anápolis-GO, na noite desta quarta-feira. De acordo com o novo regulamento da competição, nesta primeira fase, as equipes visitantes jogavam pelo empate, em razão de ocuparem uma melhor colocação no ranking da CBF.

O adversário do Massa Bruta na segunda fase será o Vitória-BA, em partida marcada para o Barradão, em Salvador, com data ainda a ser definida pela entidade.

A definição do local das partidas da segunda fase foi sorteada na sede da CBF no dia 6 de janeiro. Desde então, já se tinha o conhecimento prévio que, caso avançasse de fase, o Braga jogaria novamente fora de casa.

Financeiramente, o Braga recebeu R$ 250 mil pela participação na primeira fase e agora terá o direito a mais R$ 315 mil por estar na segunda fase. Chegando a terceira fase o prêmio chega ao valor de R$ 680 mil.

BRAGANTINO MELHOR EM CAMPO
Desde os primeiros minutos da partida em Anápolis o que se pode perceber foi um Bragantino melhor postado em campo. O time da casa buscou as jogadas mais na base do entusiasmo, mas a boa marcação do Massa Bruta neutralizou estas tentativas.

A primeira chance do Bragantino foi através de Adriano Paulista, logo aos 14 min. Ele recebeu o passe e na frente do goleiro finalizou mal, facilitando a vida de João Vitor


O time da casa deu o troco no minuto seguinte, com Marcelo, para a defesa de Renan Rocha. A principal oportunidade, no entanto, foi desperdiçada por Régis, aos 43 min. Guilherme Mattis falhou e o atacante não aproveitou, finalizando em cima de Renan Rocha. No rebote, Marcelo mandou a bola para fora.

No segundo tempo o panorama da partida não se alterou e a melhor chance de gol foi desperdiçada por Rafael Grampola, aos 32 min. Ele apanhou uma sobra de bola, dentro da área, e bateu de primeira, João Vitor espalmou para escanteio.

O Anápolis tentou se soltar mais nos minutos finais, mas não obteve êxito diante da marcação do Bragantino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: