Busca no BLOG

sexta-feira, 5 de maio de 2017

SÃO CAETANO x BRAGANTINO: CURIOSIDADES DA FINAL

O MASSA BRUTA BUSCA O TÍTULO PELA TERCEIRA VEZ EM SUA HISTÓRIA, POIS JÁ FOI CAMPEÃO EM 1965 E 1988; ENQUANTO O AZULÃO QUER O BI CAMPEONATO. SEU ÚNICO TÍTULO FOI NO ACESSO DE 2000. AMBOS JÁ FORAM CAMPEÕES DA SÉRIE A1: O BRAGA EM 1990 E O SÃO CAETANO EM 2004

São Caetano e Bragantino entram em campo neste sábado, 19h30, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, para decidirem o título do Campeonato Paulista da Série A2. Ambos já conquistaram o direito de disputar a Série A1 no próximo ano.

Além do título em jogo, o campeão terá uma vaga assegurada na Copa do Brasil de 2018 e um prêmio no valor de R$ 280 mil. O vice-campeão fica com o prêmio de R$ 170 mil.

O confronto será em jogo único, e como fez uma campanha melhor que o Bragantino, o São Caetano adquiriu o direito, de acordo com o regulamento, de ser o mandante na decisão. No entanto não existe qualquer tipo de vantagem durante a partida. Caso o jogo termine empatado nos 90 minutos a decisão do título será através de cobranças de penalidades máximas.

Na semifinal, o São Caetano passou pelo Rio Claro, enquanto o Bragantino venceu o Água Santa. A diferença é que o Azulão decidiu a vaga em casa, enquanto o Massa Bruta ficou com a vaga jogando em Diadema.

Na primeira fase, São Caetano e Bragantino se enfrentaram também no Anacleto Campanella, pela 5ª rodada, e o São Caetano levou a melhor sobre o Braga, vencendo o jogo por 3 a 1.

O Bragantino não conquista um título há dez anos. Em 2007, foi campeão da Série C do Campeonato Brasileiro, competição esta que voltará a disputar já a partir da próxima semana. Além dos títulos na divisão de acesso estadual em 1965 (vencendo o Barretos) e em 1988 (vencendo o Catanduvense), o clube tem também em sua coleção de títulos, o estadual da Série A1 em 1990, quando venceu o Novorizontino, na chamada "Final Caipira".

Rebaixado para a Série A2 em 2015, ficou apenas duas temporadas na divisão de acesso.

O jejum de títulos do São Caetano é maior que do Bragantino. Sua última conquista foi no Paulistão de 2004, quando comandado por Muricy Ramalho, venceu o Paulista de Jundiaí.

Pela Série A2, o título veio em 2000, ao vencer o Etti Jundiaí. Em 2007 perdeu a final do Paulistão para o Santos, e em 2010, a final do Torneio do Interior para o Botafogo de Ribeirão Preto.