Busca no BLOG

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

PARECE QUE NÃO É SÓ BRAGANÇA QUE NÃO QUER FUTEBOL !


O presidente do Bragantino, Marco Chedid, tem insistentemente afirmado que está muito difiícil manter futebol profissional em Bragança Paulista, principalmende, devido a ausência do torcedor no estádio, nos jogos do clube.

Depois do jogo contra a Portuguesa ele afirmou que se o público não melhorar neste jogo da próxima quinta-feira, contra o Ituano, ele não terá como manter o jogo contra o Palmeiras, dia 7 de fevereiro, em Bragança, devendo transferí-lo para outra localidade, que até aonde pudemos apurar seria Araraquara.

Dando razão aos motivos do presidente, chego a conclusão que não é só Bragança Paulista que não quer o time de futebol profissional. Outras cidades parecem também não querer, pois vejam o público que os times tem levado aos seus respectivos estádios (tomamos como exemplo a maioria dos jogos das duas primeiras rodadas):

Ituano x Mirassol, em Itu, 466 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 15 - 193 ingressos).

Rio Claro x Botafogo, em Rio Claro, 1294 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 15 - 701 ingressos).

Sertãozinho x Barueri, em Sertãozinho, 2054 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 15 - 842 ingressos).

São Caetano x Paulista, em São Caetano do Sul, 646 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 15 - 467 ingressos).

Botafogo x Ituano, em Ribeirão Preto, 2925 pagantes (ingressos a R$ 40, maior carga vendida carne antecipado valor de R$ 20 - 1187 ingressos).

Oeste x Monte Azul, em Itápolis, 1370 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - valor promocional R$ 10 - 600 ingressos, e 107 ingressos de R$ 5).

Paulista x Rio Claro, em Jundiaí, 934 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 30 - 487 ingressos).

Mogi Mirim x Rio Branco, em Mogi Mirim, 256 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 30 - 120 ingressos).

Santo André x São Caetano, em Santo André, 957 pagantes (ingressos a R$ 30, maior carga vendida - R$ 15 - 843 ingressos.

Mirassol x São Paulo, em Mirassol, 6166 pagantes (ingressos a R$ 50,00, maior carga vendida - R$ 25 - 2452).

Ponte Preta x Santo André, 10599 pagantes (sendo 5052 ingressos a R$ 3 - sócio torcedor e VIP, e 4829 ingressos a R$ 15). A Ponte Preta faz a promoção compra ingresso de R$ 30 e leva um acompanhante de graça).


Conclusão:
As cidades não querem futebol profissional, ou o preço do ingresso praticado está fora da realidade destas cidades ?

Sugestão:

1) Ingressos ao preço único no setor de arquibancadas: R$ 15,00 (para os jogos contra os chamados 'times pequenos'.


2) Ingressos ao preço único no setor de arquibancadas: R$ 30,00 (para os jogos contra Palmeiras e São Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: