Busca no BLOG

quinta-feira, 18 de março de 2010

ENCONTRADA A SOLUÇÃO PARA A MÁ FASE DO BRAGANTINO


COMENTÁRIO:


O Bragantino vive um mal momento no Paulistão 2010. Não é nada desesperador, mas é preocupante, pois a equipe está dois pontos a frente do Monte Azul, primeira equipe a pertencer o grupo dos prováveis rebaixados.

No entanto, um fato inusitado aconteceu esta semana. Após algumas críticas dirigidas ao treinador Marcelo Veiga, principalmente pelo fato do time ter sido mal escalado e da forma como atuou no primeiro tempo contra a Ponte Preta, no último domingo, a EQUIPE FUTEBOL TOTAL (da qual faço parte como comentarista) e a RÁDIO FM 102 foram escolhidas como "bode espiatórios" de tal situação.

Uma determinação veio ao nosso conhecimento, na noite da última terça-feira, por telefone, através do assessor de imprensa do clube, de que ninguém mais concede entrevistas a nossa equipe. Também estamos "proibidos" de frequentar os treinamentos. Podemos apenas observar a distância.

Nos dias dos jogos, nos foi comunicado que "não devemos" nos dirigir aos atletas, pois os mesmos não irão nos conceder entrevistas e, também "não devemos" participar das entrevistas coletivas.

Ou seja, parece que estão querendo encontrar outros responsáveis pela atual fase do time.

Tenho a consciência muito tranqüila, até porque não escalo o time, não dou treinos, não ensaio jogadas, e não marco e nem sofro gols.
Os verdadeiros responsáveis estão incomodados com as críticas que, diga-se de passagem, sempre foram e continuarão sendo, quando necessárias, meramente profissionais e jamais pessoais.
O velho e bom discurso de que as críticas fazem parte da rotina de trabalho parece não ter vingado desta feita.
Enfim, vamos continuar acompanhando e criticando ou elogiando (como também já fizemos muitas vezes) de acordo com que seja necessário.
E que neste momento de "silêncio" todos reflitam muito sobre o que estão fazendo e os resultados obtidos a frente de cada função.
O torcedor do Bragantino ficará privado, ao menos por enquanto, de ouví-los. Mais uma vez me parece que a atitude tomada não foi a mais sensata, pois afeta diretamente apenas o torcedor do clube.
Vamos aguardar, e que no silêncio de todos o Braga volte a vencer, pois é o que todos na cidade desejam.