Busca no BLOG

domingo, 9 de janeiro de 2011

BRAGANTINO: 83 ANOS DE LUTAS E GLÓRIAS

O Clube Atlético Bragantino completou 83 anos de existência neste último sábado, 8 de janeiro. Ao longo de sua história  foram muitos momentos marcantes. Uma das equipes mais tradicionais do interior de São Paulo, o Braga, como carinhosamente hoje é chamado pelo seu torcedor, foi fundado em 1928.

A era profissional do clube teve início em 1949 quando disputou a Segunda Divisão do Campeonato Paulista. O clube passou por momentos de instabilidade e firmou-se na divisão de acesso a partir de 1956.

Após 10 participações seguidas, em 1965, conquista o tão almejado acesso para disputar a elite do futebol paulista. No entanto a falta de estrutura falou mais alto e o rebaixamento foi inevitável em seu primeiro ano na Primeira Divisão.
A década de 70 não foi das melhores para o Massa Bruta. O  clube esteve licenciado por alguns anos e prestes a fechar as portas. Retomou as atividades profissionais em 1978 e no ano seguinte sagrou-se campeão da Terceira Divisão (equivalente a última divisão do futebol paulista) depois de duas vitórias contra o Jalesense (4 a 1 em Bragança, 2 a 1 em Jales).

Em 1980, o time recebeu um convite para disputar a Segunda Divisão (Série A2) e voltou a ter regularidade no campeonato, disputando-o por nove temporadas seguidas.

TIME DO BRAGANTINO CAMPEÃO DA DIVISÃO ESPECIAL DE 1988
Em pé, da esquerda para a direita, vemos Sérgio Conti (diretor),
atrás dele o atual presidente Marco Chedid, Léo (massagista), Jesus Chedid (presidente),
Nei, Luis Andrade, Gomes, Paulo Mendes, Vitor Hugo,
Wanderley, Gil Baiano, Biro-Biro, Marquinhos, Celestino Pédico (diretor),
Norberto Lopes (treinador) e Sérgio Getúlio (diretor);
agachados: outro massagista do clube, Ivair, Betão, Bugrão, Adauto, Luis Muller,
Gatãozinho, Claudinho Gáucho,
o preparador físico Walter Gama e o médico Percival Reginato.
CRÉDITO DA FOTO: ACERVO DO MILTON NEVES


Em 1988 sagrou-se campeão da Divisão Especial (Série A2),  retornando a Primeira Divisão depois de 22 anos.






















Em 1989, disputa o Paulistão e sagra-se Campeão Brasileiro da Série B.

Em 1990, conquista o título na “final caipira”, contra o Novorizontino e estréia no Brasileirão.

No ano seguinte, o time ainda chegaria à final do Campeonato Brasileiro, perdendo a decisão para o São Paulo. A nível sulamericano participou da Copa Conmebol.

Os anos dourados começaram a ruir em 1995 com o rebaixamento para a Série A2 do Campeonato Paulista. Três anos mais tarde veio também o rebaixamento para a Série B do Brasileiro.

Em 2002 o time volta a cair. Desta feita para a Série C do Brasileiro. Novamente os momentos difíceis tomam conta do dia a dia do clube. Em 2004 o time não pode jogar a Série A2 do Campeonato Paulista em seu estádio, pois o mesmo foi interditado.

O time começou a dar a volta por cima em 2005 quando conquistou o acesso para a Série A1, onde bravamente permanece até hoje. Em 2007, veio a quarta colocação no Paulistão depois de dois empates sem gols com o Santos, que sagraria-se campeão paulista. Na seqüência o título de Campeão Brasileiro da Série C e a vaga para a Série B em 2008, onde também permanece após três temporadas.

Parabéns ao C.A. Bragantino e que em 2011 o time  possa a voltar a dar mais alegrias ainda a sua grande massa torcedora.