Busca no BLOG

quarta-feira, 29 de junho de 2011

BRAGANTINO PERDE MAIS UMA E SEGUE NA 'ZONA DO REBAIXAMENTO'

EM JOGO FRACO, CRICIÚMA FAZ 1 A 0 NO 2° TEMPO E VENCE O BRAGANTINO


   Ainda não foi desta vez que o Bragantino conseguiu se reabilitar no Brasileiro da Série B. Jogando em Criciúma-SC, nesta terça-feira, pela oitava rodada da competição, o time do técnico Marcelo Veiga perdeu sua quarta partida e permanece com apenas uma vitória e ocupando a penúltima colocação na tabela de classificação.
   Os mesmos erros dos jogos anteriores e, principalmente, a falta de qualidade na armação das jogadas ofensivas, resultaram em mais esta derrota da equipe.

JOGO RUIM

   Poucas emoções e muito frio marcaram o jogo entre Criciúma e Bragantino, no estádio Heriberto Hülse, na última terça-feira. A primeira grande oportunidade de gol foi dos donos da casa. Aos 11 min, Schwenck apanhou uma sobra de bola, quase na linha da pequena área e bateu forte, a bola explodiu em cima de Gilvan, que fez a defesa.
   O troco do Bragantino veio aos 17 min. Deyvid Sacconi arriscou da entrada da área e a bola passou perto.
   Aos 30, o Criciúma desperdiçou boa chance com Anderson Conceição, de cabeça. Seis minutos mais tarde, Bruno bateu forte, mas sem direção e perigo ao goleiro Andrey, do Criciúma.
Mineiro na marcação no meio campo
FOTO: INTERNET - SITE DO CRICIÚMA

   Na segunda etapa a partida continuou equilibrada, apesar do maior domínio e mais tempo de posse de bola por parte dos donos da casa. O Bragantino se arriscava nos contra ataques. Com as saídas de Luis Mário e Deyvid Sacconi, assim como já acontecera diante do Guarani, no jogo anterior, o time do Bragantino caiu muito de produção.
   O ponto forte do Massa Bruta foi o seu sistema defensivo, mais atento a marcação, mas ainda rifando demais a posse de bola.
   Aos 32 min, Zé Carlos (que entrou aos 23 no lugar de Bruno Meneghel) tabelou com Pedro Carmona e acertou um belo chute com a bola indo parar no ângulo direito alto de Gilvan, que nada pode fazer.
   Com o gol, o Criciúma passou a administrar a vantagem e o Bragantino totalmente nervoso e desarticulado técnica e taticamente não encontrou forças para chegar ao menos ao empate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: