Busca no BLOG

domingo, 31 de julho de 2011

LESÕES E SUSPENSÕES PREJUDICAM AINDA MAIS O BRAGANTINO

A CADA RODADA SITUAÇÃO FICA PIOR E AUMENTA O DRAMA

Além de não conseguir apresentar um bom futebol dentro das quatro linhas, fora delas a situação do Bragantino parece ser ainda pior. As lesões a cada partida vão desfalcando mais o grupo. Primeiro foi o volante Éder, depois o goleiro Alê, o zagueiro Murilo Henrique e na seqüência as contusões de Luis Mário e Deyvid Sacconi.

Sem falarmos em Kadu, que chegou do Corinthians, mas jamais esteve em campo e o atacante Bruno Moraes, que também nem estreou e acabou tendo que operar o joelho.

Neste sábado, diante do Icasa-CE, as baixas foram o zagueiro Luiz Carlos, que quebrou o antebraço e vai ficar cerca de 90 dias parado. Ele precisará passar por uma cirurgia. Mesmo machucado o zagueiro, que atuou improvisado no meio campo, permaneceu na partida. A fratura foi confirmada em raio-x realizado após o jogo.

Um outro problema é o atacante Luis, que deixou o campo ainda na primeira etapa. Depois de uma pancada ele precisou levar pontos na testa, devido a um corte e está com o rosto bastante inchado. Sua presença em campo na terça-feira, contra o Duque de Caxias-RJ não é certa.

Para fechar a lista, os zagueiros Júnior Lopes e André Astorga reclamaram de dores e devem ser avaliados neste domingo e na segunda-feira.

SUSPENSÕES
Além dos lesionados, o Bragantino também não contará com os goleiros Gilvan e Max (ambos expulsos e na mesma partida) e mais o volante Mineiro, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

A expectativa fica por conta de quem será o goleiro titular na próxima terça-feira: Alê, que voltou aos treinos físicos, mas ainda não vem treinando no mesmo ritmo dos demais, ou o preparador de goleiros Gléguer, que também está registrado como atleta na CBF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: