Busca no BLOG

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

COMENTÁRIO: O QUE TERIA MUDADO APOS UM ANO

O filme se repetiu.

Da mesma forma quando de sua saída do clube, que foi uma verdadeira 'novela', pois o presidente não confirmava oficialmente sua demissão, Marcelo Veiga está de volta ao comando do CA Bragantino.

Na época de sua demissão os cuidados estavam voltados sempre com a imagem do treinador, com suas 'conquistas', esquecendo-se que, naquele momento, sua saída era mais do que necessária ou o time iria parar na Série C.

Pois bem.

Passados pouco mais de um ano o filme e a 'novela' se repetem. O anúncio sobre a contratação de Marcelo Veiga poderia ter sido feito há algumas semana atrás. Coincidentemente, bastou a notícia ser 'plantada' no clube e os resultados, dentro das quatro linhas não vieram mais sob o comando de Vagner Benazzi, que parecia saber de tudo que estava ocorrendo ao seu redor, mas seguiu alheio, como funcionário do clube, fato este que sempre fez questão de ressaltar.

Benazzi errou em alguns momentos, mas poderia ter sido poupado de outros. A partir do momento que o patrão está descontente com o funcionário, dispensá-lo o mais rápido possível pode evitar prejuízos maiores futuros.


Enfim, Benazzi é página virada e Marcelo Veiga é a realidade do Bragantino.


A expectativa é para que Veiga tenha evoluído técnica e taticamente nestes 405 dias que esteve ausente do comando do clube, pois caso contrário, as perspectivas futuras não serão das mais animadoras e como sempre, quem irá sofrer será o 'pobre' do torcedor.

Sílvio Loredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: