Busca no BLOG

sábado, 11 de junho de 2016

BRAGANTINO APENAS EMPATA COM O PAYSANDU

TORCEDOR ESPERAVA MAIS E VAIOU A EQUIPE NO FINAL

Bragantino e Paysandu perfilados antes do início da partida
FOTO: Sílvio Loredo
Em uma noite muito fria e com a presença diminuta de público, Bragantino e Paysandu ficaram no zero a zero, neste sábado, no estádio Nabi Chedid e, ao final dos 90 minutos, deixaram o campo de jogo sob vaias do torcedor.

Tecnicamente não foi um bom jogo. As duas equipes se aplicaram, dentro de suas limitações, mas criaram poucas oportunidades de gol.

Toninho Cecílio, técnico do Braga, optou por escalar o estreante Daniel Pereira (volante contratado junto ao São Bernardo) no lugar do contundido Edson Sitta. Ao final da partida a análise do treinador enalteceu o fato de sua equipe estar a dois jogos sem sofrer gols, mostrando ser, para ele, uma das prioridades nesta fase de transição do elenco.

Em campo o que se viu foi o Paysandu tomando a iniciativa da partida no início, mas sem levar perigo concreto a meta de Felipe.

Léo Jaime apresentou um problema muscular e acabou substituído, por outro estreante, o jovem Claudinho (emprestado pelo Corinthians), logo aos 18 min de jogo.

A primeira etapa terminou sem uma chance sequer real de gol para nenhum dos lados.

O segundo tempo mostrou um Bragantino melhor postado, mas ainda mostrando dificuldades na criação das jogadas ofensivas. Mesmo assim, algumas chances apareceram, mas foram desperdiças. Duas com Eliandro e uma com o zagueiro Éder Lima, nos minutos finais.

O goleiro Felipe foi exigido em apenas uma ocasião, em um chute cruzado de Fabinho Alves, aos 43 min.

O Braga volta a campo na próxima terça-feira, dia 14, 21h30, diante do CRB, em Maceió-AL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: