Busca no BLOG

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

DESPEDIDA DA SÉRIE B SERÁ NESTE SÁBADO, CONTRA O LONDRINA

PARTIDA SERÁ A ÚLTIMA DO ANO E A ÚLTIMA DO TIME NO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE B

TÉCNICO ESTEVAM SOARES DEVE SE DESPEDIR DO CLUBE
DEPOIS DO JOGO DESTA TARDE, CONTRA O LONDRINA
FOTO: SÍLVIO LOREDO
O Bragantino faz sua última partida do ano de 2016 e a última pelo Campeonato Brasileiro da Série B, pois o time já está matematicamente rebaixado, na tarde deste sábado, 17h30, contra o Londrina-PR, no estádio Nabi Chedid. Depois de nove anos consecutivos, a equipe voltará a disputar a terceira divisão do Brasileiro em 2017.

A temporada do Massa Bruta não foi boa. Primeiro o time não conseguiu o acesso no Campeonato Paulista, na Copa Paulista foi eliminado nas quartas de final e no Brasileiro rebaixado. Ao todo foram 39 jogos como mandante no ano (18 na Série B, sem contar o de hoje, dez na Copa Paulista e 11 na Série A2), com 19 vitórias, sete empates e 13 derrotas, um aproveitamento de 48.7% dos pontos disputados em casa, em todas as três competições.

O melhor desempenho foi na A2 do Paulista e o pior no atual Brasileiro.

TIME MODIFICADO
Com o rebaixamento antecipado mais algumas dispensas ocorreram ao longo da semana, depois do retorno da delegação de Salvador, onde o time enfrentou o Bahia, no sábado passado.

Em relação à permanência do técnico Estevam Soares para a próxima temporada ainda não há uma definição, mas dificilmente irá acontecer.

Para o jogo desta tarde o time que estará em campo terá a base da equipe que disputou a Copa Paulista. Juliano, Marcel, Fabiano, Adenilson, Dodô, Vitor, Anderson Ligeiro, Eliel são alguns dos atletas que devem estar em campo.

Alan Mineiro, Claudinho, Guilherme Andrade e Rodrigo Sam foram devolvidos ao Corinthians; Gabriel Dias devolvido ao Palmeiras; Diego Sacoman e Lincom liberados; e Léo Jaime negociado com o São Caetano, não estão mais no clube e, conseqüentemente, fora da partida de logo mais.

O técnico Estevam Soares busca conseguir sua primeira, e seria a única, vitória dentro da competição. Nos cinco jogos que esteve a frente do comando da equipe, conseguiu dois empates e três derrotas.