Busca no BLOG

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

VACILO NO FINAL TIRAM A VITÓRIA DO BRAGANTINO

TIME VENCIA POR 2 A 0 ATÉ AOS 43 MIN DA ETAPA FINAL

   O Bragantino deixou escapar os três pontos e, consequentemente, a sua primeira vitória no Paulistão 2013. Depois de estar vencendo o Linense por 2 a 0 até aos 43 min da etapa final, o time do técnico Mazola Júnior vacilou e cedeu o empate ao adversário. O resultado frustrou o pequeno número de torcedores que compareceu ao estádio para acompanhar o Massa Bruta.

   O Linense atuou com um jogador a menos dos 34 min da primeira etapa até aos 40 min da etapa final. No primeiro tempo o jogador Thiaguinho foi expulso de campo. O número de atletas se igualou quando aos 40 min da etapa final o zagueiro e capitão do Bragantino, André Astorga, também foi expulso. No momento da expulsão de Astorga o Braga vencia por 2 a 0.

PRIMEIRO TEMPO RUIM

   O primeiro tempo do jogo Bragantino x Linense não foi bom. Uma sucessão de erros de passes, prioridades na marcação e pouca criatividade ofensiva por partes das duas equipes foi o que se viu.

   O lance mais agudo desta primeira etapa foi a expulsão do meia atacante Thiaguinho, do Linense, aos 34 min. Mesmo com um jogador a mais em campo o Bragantino não conseguiu criar muita coisa nos minutos restantes.

SEGUNDA ETAPA E O BRAGA MELHOR

   O Bragantino voltou com uma alteração para a segunda etapa. Barboza deu lugar a Matheus. Mas o que realmente passou a fazer diferença foi a alteração tática promovida pelo treinador. Mazola adiantou Carlinhos da zaga para o meio campo e fez com que Malaquias atuasse bem aberto pelo setor direito. O time começou a criar e a desperdiçar oportunidades. O goleiro Leandro Santos, do Linense, passou a ser o personagem da partida, com importantes defesas.

   Com um jogador a menos e atuando no contra ataque, o Linense quase abriu o marcador aos 9 min com Leandro Brasília, depois de jogada de Lenílson.

   De tanto insistir o Bragantino chegou a marcação de seu gol aos 34 min. Lincon recebeu o lançamento de costas para o gol, na entrada da área, matou no peito, girou sobre o zagueiro e finalizou de pé esquerdo. Um golaço, sem chances para Leandro Santos.

   O gol fez com que os jogadores do Linense passassem a buscar mais o ataque. Com espaços, Léo Jaime se aproveitou de um contra ataque e marcou o segundo aos 37.

   Aos 40, André Astorga foi expulso ao atingir João Sales e a partir daí a história do jogo mudou. Aos 43, Daniel Lovinho aproveitou um cruzamento de Tarracha e diminuiu. Aos 47, Geandro derrubou Dudu dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. Bruno Ribeiro cobrou e empatou a partida.