Busca no BLOG

sábado, 28 de maio de 2016

OPINIÃO: O INÍCIO DA "ERA TONINHO CECÍLIO" NO BRAGANTINO

EXPECTATIVA É POSITIVA E PELA RECUPERAÇÃO DA EQUIPE

Que este seja apenas o primeiro (de muitos) sorriso
do técnico Toninho Cecílio a frente do comando
do time do Bragantino
FOTO: Rafael Moreira/Facebook
Começa neste sábado a "era Toninho Cecílio" no Bragantino. Profissional de temperamento forte, em alguns momentos, vibrante, guerreiro, que literalmente 'veste a camisa' nos clubes onde trabalha.

Dará certo no Bragantino? Esta é a pergunta que eu mais ouvi nos últimos dias.

Não tenho bola de cristal, mas fazendo uma mera aposta, eu diria que SIM. Pelas suas características e pelo momento e fase que vive (vem de uma recém conquista com o Santo André na Série A2 do Paulista).

Resta saber se Cecílio irá conseguir motivar alguns jogadores que, me parece, até o jogo contra o Brasil-RS, na rodada passada, ainda não tinham conseguido apagar o 'fantasma' da Série A2.

Ele tem duas opções: ou reverte o ânimo e interesse de alguns, ou pede a dispensa dos mesmos e parte para trabalhar com novos atletas, sejam estes indicados por ele ou indicados pelos atuais dirigentes do clube (na ordem hierárquica: Marcos Chedid, Sérgio do Prado e Saulo Magalhães).

Porque aposto HOJE, no SIM, em termos de dar certo no comando técnico do clube.

Porque futebol é resultado e, infelizmente, Toninho Cecílio passará pela mesma sabatina, que é a de vencer os jogos e, consequentemente, recuperar uma equipe que ainda não pontuou na Série B do Brasileiro após três rodadas.

O Bragantino, podemos afirmar, é experiente em termos de Série B e seus dirigentes mais ainda em termos de futebol. Todos sabem o que precisa ser feito e que já começou a ser feito.

Agora é esperar pelos resultados.

E que venham os positivos, pois de negativo basta a forma como a equipe foi eliminada na Série A2 e este início de participação na Série B do Brasileiro.

Ao técnico Toninho Cecílio e a toda sua comissão técnica só me resta dizer: Bom trabalho e boa sorte a todos, pois no mundo da bola, além da competência, você precisa, muitas vezes, de algo a mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post aqui seu comentário: