Busca no BLOG

Carregando...

sábado, 26 de novembro de 2016

BRAGANTINO SE DESPEDE DA SÉRIE B COM MAIS UMA DERROTA

TERMINOU COMO COMEÇOU: FORAM TRÊS DERROTAS CONSECUTIVAS NAS TRÊS PRIMEIRAS E NAS TRÊS ÚLTIMAS RODADAS, ESTEVAM SOARES SE DESPEDE SEM VENCER NO COMANDO DA EQUIPE

MOMENTO DE DISCUSSÃO ENTRE OS JOGADORES DAS DUAS EQUIPES
FOTO: SÍLVIO LOREDO
Não poderia ser de outra maneira a despedida do Bragantino do Campeonato Brasileiro da Série B. O time que mais sofreu derrotas ao longo de toda a competição, perdeu sua 22ª partida, desta vez para o Londrina, por 1 a 0. O único gol foi assinalado por Marcelinho, aos 36 min da etapa final.

Com mais este resultado adverso o Braga termina sua participação na Série B 2016 na penúltima colocação, com 32 pontos, à frente apenas do Sampaio Corrêa-MA.

A última rodada confirmou os acessos de Vasco e Bahia (Atlético-GO - campeão e Avaí - vice, já haviam garantido o acesso antecipadamente) e o rebaixamento do Joinville-SC que, ao lado de Tupi-MG, Bragantino e Sampaio Corrêa-MA disputarão a Série C em 2017.

PRIMEIRO TEMPO BOM DO BRAGANTINO
Bragantino e Londrina entraram em campo com os times alterados levando em conta as formações utilizadas durante o campeonato. O Braga mandou a campo a base da equipe que disputou recentemente a Copa Paulista. O Londrina escalou apenas cinco titulares.

O Massa Bruta foi melhor no primeiro tempo, mas, como de costume, pecou nas finalizações. Fabiano, Anderson Ligeiro e Edson Sitta criaram boas situações.

LONDRINA MELHOR NA SEGUNDA ETAPA
O Londrina voltou para o segundo tempo melhor distribuído em campo e já não deu mais espaços ao Bragantino, como ocorrera em boa parte da primeira etapa. A melhora dos visitantes também fez aparecer as defesas de Renan Rocha.

Quando tudo caminhava para o empate, o Londrina marcou. O lateral Léo fez o cruzamento e Marcelinho, que acabara de entrar, concluiu no contra pé de Renan Rocha, aos 36 min.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

DESPEDIDA DA SÉRIE B SERÁ NESTE SÁBADO, CONTRA O LONDRINA

PARTIDA SERÁ A ÚLTIMA DO ANO E A ÚLTIMA DO TIME NO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE B

TÉCNICO ESTEVAM SOARES DEVE SE DESPEDIR DO CLUBE
DEPOIS DO JOGO DESTA TARDE, CONTRA O LONDRINA
FOTO: SÍLVIO LOREDO
O Bragantino faz sua última partida do ano de 2016 e a última pelo Campeonato Brasileiro da Série B, pois o time já está matematicamente rebaixado, na tarde deste sábado, 17h30, contra o Londrina-PR, no estádio Nabi Chedid. Depois de nove anos consecutivos, a equipe voltará a disputar a terceira divisão do Brasileiro em 2017.

A temporada do Massa Bruta não foi boa. Primeiro o time não conseguiu o acesso no Campeonato Paulista, na Copa Paulista foi eliminado nas quartas de final e no Brasileiro rebaixado. Ao todo foram 39 jogos como mandante no ano (18 na Série B, sem contar o de hoje, dez na Copa Paulista e 11 na Série A2), com 19 vitórias, sete empates e 13 derrotas, um aproveitamento de 48.7% dos pontos disputados em casa, em todas as três competições.

O melhor desempenho foi na A2 do Paulista e o pior no atual Brasileiro.

TIME MODIFICADO
Com o rebaixamento antecipado mais algumas dispensas ocorreram ao longo da semana, depois do retorno da delegação de Salvador, onde o time enfrentou o Bahia, no sábado passado.

Em relação à permanência do técnico Estevam Soares para a próxima temporada ainda não há uma definição, mas dificilmente irá acontecer.

Para o jogo desta tarde o time que estará em campo terá a base da equipe que disputou a Copa Paulista. Juliano, Marcel, Fabiano, Adenilson, Dodô, Vitor, Anderson Ligeiro, Eliel são alguns dos atletas que devem estar em campo.

Alan Mineiro, Claudinho, Guilherme Andrade e Rodrigo Sam foram devolvidos ao Corinthians; Gabriel Dias devolvido ao Palmeiras; Diego Sacoman e Lincom liberados; e Léo Jaime negociado com o São Caetano, não estão mais no clube e, conseqüentemente, fora da partida de logo mais.

O técnico Estevam Soares busca conseguir sua primeira, e seria a única, vitória dentro da competição. Nos cinco jogos que esteve a frente do comando da equipe, conseguiu dois empates e três derrotas.

sábado, 19 de novembro de 2016

BRAGANTINO PERDE PARA O BAHIA E CAI PARA A SÉRIE C

FORAM NOVE PARTICIPAÇÕES CONSECUTIVAS NA SÉRIE B ATÉ O RETORNO A SÉRIE C DE ONDE SAIU, COMO CAMPEÃO, EM 2007


As últimas atuações do Bragantino até que não tem sido das piores, apesar dos resultados continuarem sendo ruins. No entanto, a falta de regularidade ao longo de todo o Campeonato Brasileiro da Série B custaram ao time o rebaixamento, depois da derrota, neste sábado, em Salvador, para o Bahia, por 3 a 2, mesmo ainda faltando uma rodada para o término da competição.

O técnico Estevam Soares segue sem vencer desde que assumiu o comando da equipe, com uma missão quase impossível, desde aquela ocasião.

Empenho, vontade e determinação não faltaram ao time, principalmente depois da chegada de Estevam Soares que, inclusive, promoveu ao time titular vários atletas que disputaram a Copa Paulista, em uma espécie de time B.

JOGO BEM DISPUTADO
O Bragantino não tinha alternativa a não ser vencer o Bahia. Por isso mesmo, iniciou a partida e já teve a primeira finalização aos 3 min, com Anderson Ligeiro, de fora da área. O goleiro Muriel defendeu.

O Bahia encontrava dificuldades para passar pelo bloqueio defensivo do Braga. Aos 11 min, Luiz Antônio arriscou de longe, a bola acertou o travessão e quicou dentro do gol. Bahia 1 a 0, para delírio de mais de 45 mil torcedores presentes na Arena Fonte Nova.

Aos 17, o Bahia ampliou. Luiz Antônio cobrou escanteio, Hernane se antecipou ao marcador e fez de cabeça.

O Bragantino diminui a vantagem do Bahia aos 30 min, depois de um lance inusitado. A zaga do Bahia afastou e a bola bateu no árbitro Devarly Lira do Rosário, sobrando para Vitor. O meia tocou para Rafael Grampola que passou pelos zagueiros, pelo goleiro Muriel e marcou um bonito gol.

Na segunda etapa, a primeira alteração foi do Bragantino. Watson entrou no lugar de Vitor. E foi dele, Watson, o gol de empate, aos 24 min. Edson Sitta fez uma precisa virada de jogo, Watson dominou, invadiu a área, passou por Moisés e bateu rente a trave. Muriel aceitou.

Os minutos finais foram de muita adrenalina. O Braga buscava o gol da virada e o Bahia, demonstrando nervosismo, buscava seu terceiro gol.

Os donos da casa levaram a melhor e Renato Cajá marcou aos 42. Ele recebeu a bola em cruzamento, dentro da área e bateu forte. Renan Rocha nada pode fazer.

PELA PERMANÊNCIA NA SÉRIE B: BRAGANTINO BUSCA RESULTADO INÉDITO EM SALVADOR

TODAS AS VEZES QUE ENFRENTOU O BAHIA, COMO VISITANTE, O MASSA BRUTA JAMAIS VENCEU, SEJA NA SÉRIE A, B OU C DO BRASILEIRO

NO PRIMEIRO TURNO O BRAGA VENCEU O BAHIA
FOTO: DIVULGAÇÃO
O Campeonato Brasileiro da Série B está chegando ao seu final. Faltando apenas duas rodadas para o seu término, o Bragantino enfrenta na tarde deste sábado, 17h30, o Bahia, na Arena Fonte Nova.

A partida pode ser considerada como dos extremos. De um lado, pode consolidar o retorno do Bahia para a Série A, de onde a equipe foi rebaixada em 2014. Do outro, consolidar o rebaixamento do Bragantino para a Série C, onde se sagrou campeão em 2007 e desde então permanece na Série B.

Atuando como visitante neste duelo o Braga jamais venceu o Bahia. Foram nove jogos, com quatro vitórias do Bahia e cinco empates. Será hoje?

De 2008 para cá, na Série B, eles se enfrentaram nove vezes, com uma vitória do Bahia, cinco vitórias do Massa Bruta e três empates.

ALAN MINEIRO E GABRIEL DIAS
O técnico Estevam Soares, que ainda não venceu desde que assumiu o comando da equipe (são quatro jogos, com dois empates e duas derrotas) ganhou duas opções para o jogo desta tarde. Gabriel Dias e Alan Mineiro, que cumpriram suspensão diante do Vasco, ficam à disposição.

A tendência é que Gabriel Dias reassuma a titularidade na lateral direita e Alan Mineiro no meio campo nas vagas de Juliano e Gabriel Nunes, respectivamente.

Nas demais posições e setores os mesmos jogadores que vem sendo utilizados deverão ser mantidos.